25/04/2024 - Edição 540

Legislativo

Vander e bancada garantem dois novos campi do IFMS junto ao governo Lula

IFMS inaugura novo bloco no campus de Dourados

Publicado em 15/03/2024 5:14 - Semana On

Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Governo Federal anunciou nesta terça-feira (12) a criação de 100 novos campi dos Institutos Federais em todo o Brasil. A iniciativa integra o Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e prevê um investimento de R$ 3,9 bilhões nos próximos anos, com a construção de novas unidades e a consolidação das estruturas existentes.

O anúncio foi feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo vice-presidente Geraldo Alckmin e pelo ministro da Educação, Camilo Santana, em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), que contou com a presença do deputado federal Vander Loubet.

Em Mato Grosso do Sul, serão criados dois novos campi do Instituto Federal (IFMS), nos municípios de Amambai e Paranaíba. O investimento será de R$ 25 milhões em cada município, sendo R$ 15 milhões para construção dos campi e R$ 10 milhões destinados a mobiliário e equipamentos.

“Os Institutos Federais cumprem um papel muito importante em todo o Brasil na formação dos nossos jovens, oferecendo, principalmente, cursos técnicos integrados ao ensino médio. Ou seja, é uma formação profissionalizante. Essas novas unidades em Amambai e Paranaíba são fruto da nossa atuação, em conjunto com a bancada, prefeitos, vereadores e a comunidade”, destacou Vander, coordenador da bancada de MS no Congresso Nacional.

Para a reitora do IFMS, Elaine Cassiano, também presente na cerimônia, a definição dos municípios contemplados com os dois novos campi está alinhada ao estudo feito pelo IFMS, que buscou orientar a expansão da Rede Federal no estado, de forma a permitir que as novas unidades possam ser sustentáveis a longo prazo.

“Estes campi servirão como catalisadores para o desenvolvimento econômico e social, beneficiando diretamente cerca de 42 mil habitantes em Paranaíba e fortalecendo uma das regiões mais desfavorecidas de Mato Grosso do Sul em Amambai”, afirmou a reitora.

Pelo menos 80% das vagas a serem criadas nos novos campi serão direcionadas para os cursos técnicos integrados ao ensino médio, preparando as novas gerações para os desafios e oportunidades do futuro.

Além da criação das novas unidades, o Novo PAC prevê ainda R$ 1,4 bilhão para a consolidação de unidades dos IFs já existentes, com a construção de refeitórios estudantis, ginásios, bibliotecas, salas de aula e aquisição de equipamentos.

Com apoio de Vander, IFMS inaugura novo bloco no campus de Dourados

Com investimento de R$ 3,8 milhões, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) inaugurou o novo bloco de ensino do campus de Dourados, ampliando significativamente a capacidade de oferta de cursos e vagas na unidade.

O Bloco C possui 1.289 m² de área construída que abrigam 10 salas de aula, além de áreas de circulação e instalações sanitárias completas. A melhoria da infraestrutura permitirá que o campus atenda mais 490 novos estudantes por período.

“A inauguração do Bloco C é um símbolo do nosso compromisso contínuo com a excelência educacional, pois seremos capazes de desenvolver ainda mais as atividades de ensino, pesquisa e extensão, e atender mais estudantes”, destacou a reitora Elaine Cassiano.

Durante a cerimônia de inauguração, a reitora Elaine lembrou que metade do valor investido no Bloco C é proveniente de emenda parlamentar de bancada, um recurso articulado pelo deputado federal Vander Loubet, presente ao evento.

“Metade do investimento, ou seja R$ 1,9 milhão, é fruto de uma emenda de bancada articulada pelo nosso mandato. Ao todo, somando recursos da bancada e do Ministério da Educação, estamos garantindo para o IFMS um investimento de R$ 22,1 milhões na ampliação e modernização do Instituto”, destaca o parlamentar pantaneiro. “Isso mostra a dedicação do nosso mandato e do governo Lula com a educação pública, gratuita e de qualidade em nosso estado”, completa.

As obras para as quais foram destinadas os maiores aportes provenientes de emendas parlamentares foram as realizadas em Campo Grande (Bloco F – R$ 4 milhões de R$ 8,8 milhões) e Dourados (Bloco C – R$ 1,9 milhão de R$ 3,8 milhões), respectivamente.

Atualmente, o campus da cidade possui 769 estudantes matriculados em cursos presenciais e 94 servidores, entre professores e técnicos-administrativos.

A unidade oferta cursos técnicos de nível médio nas áreas de Administração, Marketing e Informática para Internet. Na graduação, o campus oferece o curso superior de tecnologia em Jogos Digitais. São oferecidos ainda cursos de pós-graduação, qualificação profissional e idiomas, todos de forma gratuita.

 


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *