25/02/2024 - Edição 525

Cultura e Entretenimento

MS em Imagem e Som

Publicado em 18/12/2015 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Está em exposição no Museu da Imagem e do Som (MIS) a mostra “MS em Imagem e Som”, que reúne três exposições em uma só para vasculhar a memória do cinema e da cultura em Mato Grosso do Sul, provocada sensivelmente pelas curiosas lentes e registros de seus autores.

A primeira exposição é “Making off”, sob curadoria da fotógrafa Elis Regina. A exposição instiga uma viagem pelos bastidores cinematográficos a partir de “Paralelos Trágicos”, primeiro longa metragem produzido em Campo Grande em 1965, até produções recentes filmadas em todo Estado.

“Essa exposição é uma homenagem a todos aqueles que trabalham, e muito, por trás das câmeras. Foi um trabalho bastante gratificante”, afirma Elis.

A segunda exposição reúne retratos diversos do “Patrimônio Imaterial e Cultural – NOB 100 anos”, concurso realizado em 2014 pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, através do Museu da Imagem e do Som, revelando os trilhos e a terra por onde passava o saudoso trem.

A terceira traz ao ambiente a musicalidade que fez história em Mato Grosso do Sul, destacada no projeto “Memória Fonográfica”, de Carlos Luz. Uma extensa pesquisa dos discos vinis e a digitalização da música regional com peças raras e emocionantes.

A exposição “MS em imagem e som” pode ser visitada no Museu da Imagem e do Som (MIS), que fica na Av. Fernando Corrêa da Costa, 559, até o final de fevereiro em horário comercial.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *