23/05/2024 - Edição 540

Legislativo

Carlão recebe coordenadora da Aliança pela Infância que convida a Câmara para apoiar edição da Semana Mundial do Brincar

Presidente da Câmara recebe da defensora pública, Thaisa Defante, carta da população em situação de rua e convite para o Fórum Pop Rua MS

Publicado em 30/04/2024 1:07 - Semana On

Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, recebeu a professora Ângela Maria Costa, coordenadora da Aliança pela Infância, que veio convidar e pedir apoio aos vereadores para mais uma edição da Semana Mundial do Brincar! Que tem como foco sensibilizar e mobilizar famílias, educadores, adultos e brincantes de todas as idades para que ofereçam tempo e espaço ao brincar das crianças. O vereador Professor Juari, Dani Kanitz e Kátia Motti, também participaram da reunião.

“A Aliança pela Infância – Campo Grande/MS, que desenvolve e inspira essa iniciativa desde 2008, está propondo “Vem pra Roda – no Ritmo do Brincar!” como tema das atividades em 2024. Nesta semana – que vai acontecer de 25 de maio a 2 de junho em todo país – uma semente será plantada, mas a ideia é que o valor do brincar seja cultivado em todos os momentos. Como sempre, as atividades são abertas, promovidas voluntariamente por pessoas, grupos, organizações unidas ao poder público, sensíveis ao encantamento das crianças. Em geral, são brincadeiras em espaço aberto, que envolvem música, arte, teatro, dança, leitura, contação de histórias e manifestações culturais tradicionais e outras ações. O importante é que se trata do brincar livre, com brinquedos não estruturados, em que as crianças encantam o lugar com suas brincadeiras”, discorre o convite entregue pela professora.

O tema escolhido para as atividades de 2024 busca chamar atenção para a necessidade de se abrir espaços para o brincar. A ideia é que famílias, educadores e crianças por meio de uma grande ciranda, estimulem e propiciem lugar e tempo para a criança brincar. As atividades da Semana são pensadas para que os pequenos e grandes possam, com sua criatividade e imaginação, encantar ruas, praças, casas e escolas.

Serviço

Abrindo a semana – dia 25 de maio – com o evento – DEIXA BRINCAR – UMA TARDE DE LAZER em sua 10ª edição. Um evento já consolidado em nossa cidade, com a participação de mais de MIL crianças em sua última edição (2019).

Local: Parque das Nações Indígenas

13h às 17h.

ENTRADA FRANCA

Carlão recebe da defensora pública, Thaisa Defante, carta da população em situação de rua e convite para o Fórum Pop Rua MS

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), recebeu em seu no gabinete da presidência da Casa de Leis, a coordenadora do Núcleo dos Direitos Humanos (Nudedh), defensora pública – Thaísa Defante, juntamente com a assessora técnica, Kátia Motti e a representante da Águia Morena – Programa de Redução de Danos, Bia e Edna da Associação Brasileira de Redutores de Danos (Aborda). Elas entregaram ao presidente uma carta com os pedidos da população em situação de rua, documento escrito durante o primeiro Encontro Pop Rua e o convite para a primeira Reunião Ordinária do Fórum Pop Rua MS.

“Estamos à disposição para apoiar ações em favor da ampliação de políticas públicas para as pessoas em situação de rua. A Defensoria Pública e todas entidades ligadas ao setor podem contar com a Câmara para que possamos enfrentar de forma eficaz a situação de vulnerabilidade social desses moradores. Sou autor da Lei 6.517/20 que dispõe sobre Política Municipal para a População de Moradores em Situação de Rua. Justamente para garantir melhores condições de vida e saúde, o direito à inserção, permanência e usufruto da cidade. Valorizando os profissionais que atuam na rede de proteção social e fomento à sua formação e capacitação contínua. Priorizando esta população no processo de implementação gradativa de uma renda básica de cidadania”, afirmou Carlão.

A defensora Thaísa Defante explicou que durante o Seminário Caminhos para a Inclusão: Dignidade e Direito para a População em Situação de Rua, da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, foi produzido um importante documento com as demandas e dilemas enfrentados nas ruas da Capital: a Carta da População de Rua de Campo Grande. Com as preocupações, propostas de qualificação e ampliação dos serviços existentes, o fortalecimento da luta das organizações sociais e a falta de transparência orçamentária.

“Entre os registros apontados estão a ausência de políticas públicas de trabalho e habitação, inexistência de uma política pública municipal de atenção ao migrante. A falta de capacitação e sensibilização dos agentes de segurança pública que atuam diretamente com a população de rua e as dificuldades para acessar os serviços de saúde tanto nas Estratégias de Saúde da Família (ESF) quanto na saúde mental. Agora contamos com representantes da Câmara na primeira Reunião Ordinária do Fórum Pop Rua MS”, disse a defensora.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *