15/06/2024 - Edição 540

Campo Grande

Prefeitura lança programa com cursos para capacitar mais de cinco mil trabalhadores

Publicado em 22/08/2014 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Campo Grande lançou o programa Capital do Trabalho – Qualificação, com a abertura imediata de 2.500 vagas para cursos de qualificação em diversas áreas. Mais 3000 vagas devem ser abertas até a primeira quinzena de setembro, totalizando 5.500 trabalhadores qualificados para o mercado de trabalho, somente na primeira etapa do programa. A assinatura do termo de cooperação com as entidades parceiras do programa aconteceu nesta semana, no Armazém Cultural, com a presença do prefeito Gilmar Olarte, do diretor-presidente da Fundação Social do Trabalho (Funsat), Cícero Ávila e representantes de sindicatos e entidades ligadas ao trabalho.

“Nós queremos que Campo Grande se torne mais atrativa para novos investidores e ter mão-de-obra qualificada é um grande passo”, avaliou o prefeito, que revelou a pretensão de viabilizar a implantação de 100 a 200 novas indústrias até o fim de seu mandato. As 5.500 vagas oferecidas serão distribuídas em diversos cursos de qualificação social e profissional nas áreas do vestuário, comércio, serviços, construção civil, alimentação, artesanato, beleza, estética, entre outros, de acordo com a necessidade do mercado de trabalho, mapeada pela Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems).

Os cursos serão realizados com recursos próprios do município, num investimento total de R$ 2,5 milhões. Eles serão integralmente gratuitos incluindo material didático e todo material específico para as aulas práticas. A carga horária será de até 240h/aula, de acordo com a especificidade de cada curso. “Temos que cuidar de nossos trabalhadores com empenho e educação. Com esses cursos de capacitação, vamos melhorar o poder aquisitivo e a qualidade de vida de muitas famílias. É a primeira vez que Campo Grande investe tanto nesse setor”, afirmou Cícero Ávila.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *