13/04/2024 - Edição 540

Campo Grande

Conselhos profissionais unem forças em prol da saúde

Publicado em 02/04/2014 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Unir os diversos conselhos profissionais ligados à saúde pública em uma agenda propositiva que englobe bandeiras de lutas individuais de cada profissão e, também, anseios comuns a todos. Foi este o objetivo da reunião realizada na última quinta-feira, dia 3, na sede do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional de Mato Grosso do Sul (CREFITO 13).

Idealizado pelo presidente do CREFITO 13, Carlos Alberto Eloy Tavares, o encontro contou com a presença de Irma Macario, secretária do Conselho Regional de Psicologia (CRP 14), Keila Catan, diretora executiva do Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região/ MS-MT (CREF11/MS-MT), Ronaldo Abraão, presidente do Conselho Regional de Farmácia (CRF-MS), Dulce Ribas e Maria Cristina Pessoa, ambas representantes do Conselho Regional de Nutricionistas (CRN-3 SP-MS) e do deputado estadual Amarildo Cruz (PT).

A criação de um fórum permanente de debates entre os Conselhos foi um dos resultados imediatos do encontro.

A criação de um fórum permanente de debates entre os Conselhos, que garanta a melhoria da qualidade de atendimento à população e a garantias dos direitos dos profissionais do setor, foi um dos resultados imediatos do encontro.

“Há temas de extrema importância para a população e para os profissionais, cujo desenvolvimento pode ser incrementado com a ação conjunta das profissões ligadas à saúde. Esta união de forças pode ser vital para que avancemos em direção a otimização dos serviços oferecidos aos usuários e, também, na conquista de espaços para as profissões”, afirmou Tavares.

O deputado estadual Amarildo Cruz colocou seu gabinete a disposição do “Fórum” – como ficou denominado extraoficialmente o grupo de representantes dos Conselhos profissionais – para a construção e uma pauta conjunta de reivindicações junto ao legislativo estadual e federal.

Consulta aos Conselhos sempre que a Assembleia for debater temas relacionados às profissões foi um dos pontos centrais da reunião.

A necessidade de uma consulta aos Conselhos sempre que a Assembleia for debater temas relacionados às profissões em questão foi um dos pontos centrais da reunião. Para garantir isso, deve ser firmado um termo de cooperação com a Casa de Leis para que os Conselhos sejam órgãos consultivos.

“Se vamos elaborar uma proposta relacionada à Fisioterapia, a Terapia Ocupacional, Educação Física ou Farmácia ou será importante ouvir as entidades que representam estas categorias. Elas poderão ser consultadas e contribuirão com a elaboração dos projetos”, afirmou Amarildo.

A partir de agora, o “Fórum” se reunirá periodicamente e a ideia é trazer outros Conselhos. “Vamos reforçar o convite para algumas categorias que acabaram não se fazendo representar nesta primeira reunião. Juntos teremos muito mais força para lutar pela sociedade e por estas profissões”, finalizou o presidente do CREFITO 13.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *