29/02/2024 - Edição 525

Mato Grosso do Sul

Valor do Seguro DPVAT será reduzido em 2017

Publicado em 22/12/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Anualmente, todos os proprietários de veículos efetuam o pagamento do seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre). O recolhimento é um requisito para obter o licenciamento anual do veículo.

Em 2017, os valores terão uma redução de 37% para todos os veículos. Conforme com a Superintendência de Seguros Privado (Susep), a diminuição ocorreu porque o número de indenizações pagas desde 2014 diminuíram, principalmente, em casos de invalidez.

Os prêmios tarifários de cada categoria de veículo ficaram estabelecidos da seguinte forma:

– Automóveis: R$ 63,69;

– Motocicletas: R$ 180,65;

– Caminhões e caminhonetes: R$ 66,66;

– Ônibus e micro-ônibus com cobrança de frete e lotação de mais de 10 passageiros: R$ 246,23

– Ônibus e micro-ônibus sem cobrança de frete ou lotação de até 10 passageiros, com cobrança de frete: R$ 152,67

– Ciclomotores de até 50 cilindradas: R$ 81,90

Para todas as categorias, é cobrada ainda uma taxa de R$ 4,15 para emissão do seguro em cota única e de R$ 9,63 para quem quiser parcelar o DPVAT. Também há cobrança de imposto sobre operações financeiras (IOF).

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) ainda explica que apenas motos, ônibus, micro-ônibus e vans podem parcelar o valor em três vezes, a serem pagas no vencimento das parcelas 1, 2 e 3 do IPVA. Também há a possibilidade de efetuar o pagamento à vista como os demais veículos.

Caso o usuário queria parcelar o valor, deverá acessar o site da Seguradora Líder – administradora do Seguro DPVAT – para escolher essa opção. Caso o pagamento ocorra à vista, o recolhimento do valor acontece junto com o vencimento do licenciamento anual.

Informações de como solicitar a indenização do DPVAT e sobre o parcelamento do seguro podem ser obtidas no telefone 0800-022-1204. É válido ressaltar que a mudança entrará em vigor no dia 1º de janeiro de 2017.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *