25/02/2024 - Edição 525

Mato Grosso do Sul

Servidor do executivo campo-grandense tem duas semanas para se recadastrar no Censo Previdenciário

Publicado em 20/05/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

De um total de 26,8 mil servidores do Governo Estadual segurados no sistema previdenciário, 15,5 mil fizeram o recadastramento no Censo Cadastral Previdenciário de Mato Grosso do Sul até quarta-feira (18). O período para confirmar os dados na Capital vai até 3 de junho, sendo que quem não recadastrar terá seus vencimentos ou benefícios suspensos.

O recadastramento é presencial, mas precisa ser agendado por meio do site www.censo.ms.gov.br. Os locais para fazer a confirmação ou retificação de dados são o Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo e a Fundação de Cultura – prédio do antigo Fórum, na avenida Fernando Correa da Costa.

No período de 13 de junho a 29 de julho será a vez dos servidores dos demais poderes da Capital e dos servidores do interior participarem do recenseamento. No interior haverá um calendário com período específico para cada um dos 24 municípios polos permanentes e as cinco cidades onde haverá atendimento temporário. Tanto o agendamento como as demais informações sobre o censo podem ser acessados no site.

O censo

O recadastramento atinge servidores públicos de cargo efetivos civis e militares, ativos, aposentados e pensionistas, tanto do Executivo Estadual como do Judiciário, Tribunal de Contas, Ministério Público, Defensoria Pública e Assembleia Legislativa.

O censo deve ser realizado no mínimo a cada cinco anos para atualizar o Cadastro Nacional de Informações Sociais dos Regimes Próprios de Previdência Social, um sistema unificado que contém as informações previdenciárias de todos os servidores públicos do País.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *