25/02/2024 - Edição 525

Mato Grosso do Sul

Eldorado é a primeira cidade do Brasil a cultivar abóbora Cabotiá Baby

Publicado em 03/09/2015 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O município de Eldorado, no Conesul do Estado, é o primeiro do Brasil a produzir a abóbora Cabotiá Baby, variedade que, como o nome já sugere, tem tamanho pequeno e pesa menos de 900 gramas. 

O produto foi criado pelo engenheiro agrônomo e produtor rural Vaner Brondani Vendruscolo. Ele explica que conseguiu reduzir o tamanho das abóboras após várias tentativas e que elas foram pensadas, basicamente, para a confecção de pratos individuais. 

“Estamos produzindo a abóbora Cabotiá Baby Quality, com até 900 gramas, a Premium Quality, acima de 1 quilo e meio, e estamos trabalhando para lançar a gourmet, que terá peso entre 1 quilo e 1 quilo e meio”, detalhou. 

Em condições normais de clima e adubação correta, é possível colher de 5 a 10 toneladas por hectare. 

De acordo com Vendruscolo, a ideia a longo prazo é exportar a Cabotiá Baby Quality e as outras variedades produzidas em Eldorado para outros países, sobretudo o Paraguai. 

Internamente, ele também trabalha para expandir a produção e a comercialização, para que Mato Grosso do Sul não precise mais buscar esse tipo de cultura em mercados como Goiás e Paraná. 

“Por ser produzida em Eldorado, e não ter custo de frete, a Cabotiá chega às gôndolas dos supermercados com um preço bem mais interessante”, detalhou, destacando que o próximo passo é iniciar o plantio na fazenda Santa Joana, que fica na divisa dos municípios de Eldorado e Itaquiraí. 

Onde encontrar? 

Fora do município de Eldorado, as abóboras Cabotiá Baby Quality podem ser encontradas no Supermercado Veratti. Em Campo Grande, ele fica na avenida Bom Pastor, bairro Vilas Boas. Em Costa Rica, o endereço é Avenida José Ferreira da Costa, 1570, centro. 


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *