25/02/2024 - Edição 525

Mato Grosso do Sul

Caravana vai além da Saúde

Publicado em 13/05/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O maior programa de saúde da história de Mato Grosso do Sul vai além de atendimentos médicos. A Caravana da Saúde – que está sendo realizada no centro de convenções Albano Franco e segue até o dia 29 – disponibiliza serviços de 46 parceiros das iniciativas públicas e privadas que vão de biblioteca para leitura de livros a casamento para os mais apaixonados.

Assim, quem vai ao mutirão para tratar da saúde também pode conseguir uma vaga de emprego pela Fundação de Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab-MS), fazer documento de identidade pelos serviços da Polícia Civil ou até ganhar armação de óculos do Lions Club.

A Biblioteca do Sesc vai proporcionar um pouco de lazer e cultura para quem vai ao mutirão e quer passar o tempo se entretendo com um livro. Inúmeros títulos estarão à disposição de todos.

São diversas as atividades. É possível ter palestras sobre saúde do homem e da mulher, tirar dúvidas jurídicas na Defensoria Pública, fazer atividades de lazer com a Fundação de Desporto e Lazer do Estado (Fundesporte-MS).

Além disso, há a chance de ganhar cadeiras de rodas, próteses e órteses do Centro Especializado de Reabilitação da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (CER/Apae).

E para os mais apaixonados, ônibus do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) oferece a possibilidade de se casar em plena Caravana, gratuitamente. Além da união estável, a Justiça Itinerante oferece ainda divórcios e ações de alimentos (pensão alimentícia).

Entre as entidades parceiras do projeto da Caravana da Saúde estão a Associação Brasileira de Odontologia em MS (ABO-MS), Hospital do Câncer Alfredo Abrão, Hemosul, Hospital do Câncer de Barretos, Grupo Onça Pintada, Marinha do Brasil, Universidade Estadual de MS (UEMS), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Sesc, Senac, Tribunal de Justiça de MS, Instituto de Identificação, Famasul, Exército e Ministério Público de MS.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *