25/04/2024 - Edição 540

Cultura e Entretenimento

I Encontro Turístico Cultural Brasil Paraguai terá ciclo de palestras e shows temáticos

Evento acontece em Campo Grande no próximo dia 13

Publicado em 07/05/2023 8:33 - Semana On

Divulgação Foto: PARAGUAY TEETE

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Campo Grande vai sediar no dia 13 de maio, quando se celebra o Dia do Povo Paraguaio, o 1º Encontro Turístico Cultural Brasil Paraguai. O evento, que será realizado na sede da Colônia Paraguaia, integra o projeto contemplado pelo edital do “Reviva Mais Turismo” da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, e contará com programação de palestras e atrações culturais.

De acordo com o diretor-cultural da Colônia Paraguaia e organizador do evento, Ricardo Zelada, a ideia veio justamente da possibilidade de movimentar e atrair o fluxo turístico para Campo Grande. “O projeto foi motivado pela implantação da Rota Bioceânica, esse trajeto tão importante, que atravessa o Brasil, o Paraguai, a Argentina e o Chile. Nossa intenção é promover a integração cultural entre Mato Grosso do Sul e o Paraguai, com palestras e atrações culturais do Paraguai e de Campo Grande. Falamos em uma rota turística por meio de um circuito turístico entre Campo Grande, Porto Murtinho, o Chaco Paraguaio, Concepción, local que já conta com uma ponte construída sobre o rio Paraguai, e Asunción, a Capital paraguaia”, explica ele.

A programação é totalmente gratuita, com palestras voltadas principalmente ao público universitário e acadêmico. Interessados em receber certificado de participação devem realizar um prévio cadastro pelo link: https://forms.gle/h7k6qVLb4nKav3TM8.

Palestras

A programação do evento começa com uma breve explanação sobre a Rota Turística – RILA – Rota Bioceânica, feita pelo diretor-cultural da Associação Colônia Paraguaia, Ricardo Zelada. Em seguida acontece a palestra “Turismo em Campo Grande”, ministrada pelo superintendente de Turismo de Campo Grande, Wantuyr Tartari, que atua há 24 anos na gestão pública de Campo Grande e, desses, 18 foram dedicados ao turismo. O palestrante é professor com experiência há 14 anos e vencedor do Troféu Nacional Mérito & Talento (2018), promovido pela Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo.

“Influências das Tradições Culturais Paraguaias em Mato Grosso do Sul” é o tema da terceira palestra. Quem discorre sobre o assunto é Priscila Palhanos, professora de história, pós-graduada em Metodologia do Ensino de Geografia pelo Unitoctum, mestre em Desenvolvimento Local pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), com a temática “Aspectos culturais dos paraguaios em Campo Grande/MS”.

O doutor em Desenvolvimento Local, Thiago Andrade Asato, será o responsável pela palestra a seguir, a respeito do tema “Possibilidades de Turismo na Rota Bioceânica”. Thiago é autor da primeira tese de Doutorado envolvendo o Turismo entre os pesquisadores dos quatro países da Rota Bioceânica, além de ser professor de Turismo na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e Administração na Novoeste.

Inaugurando o ciclo de palestras no período vespertino, às 14 horas, é a vez da palestra “Turismo em Porto Murtinho”, ministrada por Clayton Castilho Gomes, que é economista, com especialização em Gestão de Políticas Públicas do Turismo. O tópico abordado a seguir é “PEABIRU – Rota Guaranítica – Tape Aviru”, sendo abordado pela jornalista da União Continental Latino-Americana UCL e diretora da TAPE AVIRU Paraguai, Juliet Sarai.

Atrações culturais

Durante todo o evento, apresentações culturais de artistas sul-mato-grossense e paraguaios vão compor a programação do Encontro Turístico Cultural. Nomes como o da cantora de Assunção, Mirta Noemi Talavera, se apresentam para o público de forma totalmente gratuita.

E como o grande destaque da programação, está a roda de “Terere Hape”, inspirada em um programa televisivo muito famoso no Paraguai, o “Terere Jere”. Na ocasião, apresentam-se quatro novos talentos da música: a harpista de Assunção (PY), Laurita; a cantora de San Pedro (PY), Ysapy; a também cantora Milagros Medina, de Concepción (PY); e a cantora de chamamé de Campo Grande, Patrícia Cantaluppi.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *