21/07/2024 - Edição 550

True Colors

Ginger is the new black?

Publicado em 09/05/2014 12:00 - Guilherme Cavalcante

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Raros e exotificados, os ruivos parecem ser a bola da vez. Mas há quem veja no grupo, que representa apenas 2% da população mundial, um símbolo de resistência contra a supremacia de morenos e loiros. É o que pensa Thomas Knights, um artista britânico que acabou de lançar a série “Red Hot”, somente com homens ruivos “personas” dos nightclubs de Londres.

A ideia é apenas uma: promover a visibilidade de um grupo que – pasme! – é hostilizado em algumas situações e locais, por mais estranho que isso possa parecer.

Segundo Knights, os ruivos são colocados para baixo do tapete em muitas áreas, tais como a indústria cinematográfica, que não mostra protagonistas ruivos. Um exemplo seria a série Harry Potter, onde os bruxos da família Weasley são criticados por serem uma família de ruivos.

Para mim, é claro que isso não faz nenhum sentido, assim como não faz sentido o racismo contra pessoas negras mundo a fora, o que é uma situação infinitamente mais agressiva. Mas enfim, as fotos são lindas, o vídeo é maravilhoso, esquece a campanha em si e dá um clique no player acima. Mais sobre o projeto, AQUI!

A Era do Amor

Sabe a banda Raimundos, aquela que era liderada pelo Rodolfo, que saiu do grupo por conta de pressão de uma igreja evangélica fundamentalista para a qual se converteu? Então, num dos show da atual composição, no último dia 2 de maio, no club The Way, em Jaguará do Sul, um casal gay foi hostilizado pelos seguranças da casa por terem se beijado publicamente.

Diante do alvoroço que se formou em frente ao palco, Digão, vocalista do Raimundos, parou o show e deu seu recado:

“Que merda é essa? Estamos na era do amor, não da agressão!”.

E para surpresa de todos, ele convocou o casal para continuar o beijo no palco. Os pombinhas subiram emocionados, seguidos por aplausos e gritos de apoio. “Em que ano estamos? É 2014 porra! Cadê o respeito?”, completou Digão, antes de continuar o show. A cena você confere no player!

Mãe sempre sabe?

Com o dia das mães chegando, voltamos à pergunta de um milhão de dólares: mãe sempre "sabe"? Segundo os meninos do vlog “Põe na Roda”, nem sempre, até porque nem todo gay ou lésbica são iguais, né? E se souber, tudo bem, o importante é não deixar de amar.

Para o mais novo vídeo da trupe, os meninos convocaram mães que fazem parte do grupo de resistência “Mães pela igualdade”, do qual faz parte a diva Edith Modesto. O resultado foi excelente: engraçado e informativo e ainda serve para dar beijinho no ombro para as mães indignadas e apavoradas com a possibilidade de terem filhos gays (oi, Cláudia Leitte!).

Ah, a cada inscrição do canal do Põe na Roda eles juram que vão providenciar que Angelina Jolie adote uma criança órfã da África. Você pode fazer isso AQUI!

Leia outros artigos da coluna: True Colors

Victor Barone

Jornalista, professor, mestre em Comunicação pela UFMS.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *