20/05/2024 - Edição 540

Vale um Play

DLCs

Publicado em 30/06/2016 12:00 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A grande maioria das pessoas deve se lembrar da época em que você tinha que sofrer para descobrir todos os segredos de um game e assim habilitar personagens secretos, conteúdos adicionais e outros níveis de dificuldade.

Bem, uma pena que essa época passou e pelo jeito não vai voltar tão cedo. O que encontramos na atualidade são as famosas DLCs que significam downloadable content, ou seja, conteúdo ‘baixável’ que nesse caso conseguem reciclar o jogo lançado.

O que gera problema para alguns é que nas gerações passadas você precisava desprender muito esforço e empenho para conseguir habilitar todos os bônus do game. Sendo que hoje, para conquistar todos os conteúdos você precisa pagar por eles.

Existe um lado bom e ruim para esse processo. Alguns títulos permitem a conversão dos pontos adquiridos para a troca das DLCs e em outros casos, a compra lhe garante itens exclusivos e outras peculiaridades de acordo com cada jogo.

Alguns investimentos são salgados. Por exemplo um jogo standard pode sair em torno de R$199,00 reais e o mesmo game com todos os pacotes de expansão pode chegar há mais de R$300,00 reais o que nos faz refletir sobre até que ponto esse tipo de abordagem é interessante.

Esse processo de DLC começou em 1997 e o primeiro console a usar essa abordagem foi o Dreamcast por meio do Seganet. Porém o termo se tornou popular depois da Xbox Live que então foi incorporada e aderida por todas as demais empresas do ramo.

Espero ter conseguido explicar para todos um pouco mais do que significam essas siglas que pelo jeito irão permanecer por muitos e muitos anos daqui para frente. Um grande abraço para todos e até semana que vem.

Leia outros artigos da coluna: Vale um Play

Victor Barone

Jornalista, professor, mestre em Comunicação pela UFMS.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *