24/05/2024 - Edição 540

Campo Grande

Obras de drenagem devem pôr fim às enchentes no Jóquei Clube

Publicado em 10/04/2014 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Estão em ritmo acelerado as obras de drenagem e controle de enchentes no Jóquei Club para evitar que, no próximo verão, período de chuvas mais intensas, os moradores voltem a conviver com as enchentes. Se as condições climáticas ajudarem, a Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação prevê que em 90 dias o serviço esteja pronto, incluindo o recapeamento das ruas que estão recebendo as tubulações. As obras foram iniciadas no dia 6 de agosto de 2012 e estão orçadas em R$ 15 milhões.

Já está pronto o trecho mais crítico da obra: enterrar, numa profundidade de cinco metros, manilhas com 3,5 metros de diâmetro em toda a extensão da rua Ouro Verde, que começa na avenida Ernesto Geisel (às margens do Rio Anhandui no Marcos Roberto) e termina na Via Morena em frente do Parque de Exposições. Parte deste trecho é uma região de fundo de vale, onde o lençol freático é próximo da superfície, fazendo com que a água aflore depois de poucos metros de escavação.

A obra, segundo os engenheiros da Seintrha, vai livrar o Jockey Club das enchentes porque a drenagem do bairro deixará de ser pressionada pela água da chuva que desce dos bairros Jardim América, Vila Progresso e do entorno da avenida Spipe Calarge. A enxurrada destas regiões vai escoar pelo sistema de drenagem já implantado na região do Cabaça, descerá pela tubulação construída na rua Ouro Verde até desaguar no Rio Anhandui.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *