21/02/2024 - Edição 525

Campo Grande

Governo aumenta em mais de 60% o repasse de recursos para a Santa Casa

Publicado em 01/12/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O governo do estado afirmou nesta semana estar cumprido seu compromisso com a reestruturação da Santa Casa, garantindo serviços de saúde para um dos maiores hospitais do Estado. O governo afirmou colaborar mensalmente com o pagamento de R$ 2,570 milhões, que segue rigorosamente em dia, totalizando o repasse de R$ 25 milhões em 2016.

Ao longo do mandato do governador Reinaldo Azambuja, o repasse teve reajuste de R$ 1 milhão mensal e soma – de janeiro de 2015 a novembro de 2016 – um total de R$ 43,6 milhões. Até dezembro de 2015, os pagamentos mensais eram de R$ 1,570 milhão. Em dezembro, o governo assinou um convênio que garantiu o acréscimo de R$ 500 mil no valor pago pelo ente estadual, passando assim para R$ 2,070 milhões por mês. Em 2016, um novo incremento foi assinado junto ao hospital em julho, subindo o recurso em mais R$ 500 mil, totalizando R$ 2,570 milhões – valor atual pago mensalmente.

O maior repasse que dá sustentação aos atendimentos do hospital vem do governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, avaliado em torno de R$ 13 milhões por mês, além de um pós-fixado que varia de acordo com a produção hospitalar, no valor máximo de R$ 2,9 milhões. À prefeitura cabe o repasse de R$ 3,25 milhões e ao estado, o repasse de R$ 2,57 milhões, ambos mensais.

Ressalta-se que os atendimentos de referência como neurocirurgia, ortopedia, queimados, cirurgias cardíacas, entre outros, são pagos pelo Ministério da Saúde com base na população de todo o estado. Também, os pacientes que são regulados de municípios do interior, tem recurso das prefeituras de origem destinados para custear os atendimentos.

“Sabemos que um problema crônico como o da saúde não se resolve em um ano e 11 meses, mas tenho certeza que quando as estruturas da lógica da regionalização estiverem funcionando, poderemos normalizar o atendimento dos hospitais de referência, como é o caso da Santa Casa. Saúde é nossa prioridade”, declarou o governador Reinaldo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *