25/02/2024 - Edição 525

Campo Grande

Filhos de Bach retrata criação de orquestra infantil em Ouro Preto

Publicado em 09/06/2017 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Filmada quase inteiramente em Ouro Preto (MG), a coprodução entre Brasil e Alemanha “Filhos de Bach”, de Ansgar Ahlers, inspira-se numa série de histórias reais para compor seu enredo, em torno de um músico e maestro alemão, Marten Brückling (Edgar Selge), que conduz uma experiência renovadora com meninos abandonados de uma instituição na cidade mineira.

Escrito em parceria entre Ahlers e Soern Finn Menning, o roteiro é uma coleção de soluções mágicas e bom-mocismo. A ideia é mostrar choques culturais mas, quase sempre, os clichês entram muito no caminho. A ação começa quando Marten tem que vir da Alemanha para o Brasil, onde morreu um grande amigo e ex-parceiro musical que lhe deixou uma herança: uma partitura original de ninguém menos do que Johann Sebastian Bach.

Uma vez em Ouro Preto, Marten toma posse da preciosa partitura, em que ele enxerga um modo de participar com destaque num festival alemão em homenagem a Bach, junto com sua colega –e interesse romântico–, Marianne (Fransizka Walser). Mas ele é roubado por dois garotos e somem não só sua partitura como seu precioso bombardino, o instrumento que ele toca.

Om


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *