21/02/2024 - Edição 525

Cultura e Entretenimento

Beach Tennis é oferecido gratuitamente em Campo Grande

Prática da modalidade está disponível no Belmar Fidalgo, Elias Gadia e na Casa Dom Bosco

Publicado em 17/12/2023 9:22 - Semana On

Divulgação PMCG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Beach Tennis, esporte que tem suas raízes nas praias do Rio de Janeiro, conquistou o coração dos habitantes de Campo Grande. A modalidade, oferecida gratuitamente pela Fundação Municipal de Esportes (Funesp), tem ganhado popularidade na Capital do Mato Grosso do Sul, graças ao crescente número de praticantes.

A Fundação disponibiliza três locais para a prática do Beach Tennis: Belmar Fidalgo, Elias Gadia e Casa Dom Bosco. Através do Programa Movimenta Campo Grande, a modalidade tem sido uma alternativa atraente para aqueles que buscam atividades físicas ao ar livre e uma forma divertida de socializar.

O Beach Tennis, que combina elementos do tênis tradicional, vôlei de praia e badminton, tem se destacado pela sua acessibilidade e apelo inclusivo. A mistura de técnicas desses esportes cria um jogo dinâmico e emocionante, adequado para todas as idades e níveis de habilidade. Além disso, a beleza das quadras ao ar livre proporciona um ambiente agradável para os praticantes, tornando a experiência ainda mais enriquecedora.

O programa gratuito oferecido não apenas promove a atividade física, mas também incentiva um estilo de vida saudável e ativo para os moradores. A comunidade tem respondido positivamente a essa iniciativa, demonstrando o poder do esporte como meio de união e diversão para todos.

O servidor público, Mauricio Teixeira, fala como descobriu a modalidade e de sua experiência de praticar. “Uma colega me convidou para conhecer o esporte na casa Dom Bosco e desde então, não deixei mais. O Beach Tennis é uma mistura de esporte com socialização.”

Para o professor Douglas Junio, que orienta seus alunos na Praça Elias Gadia, o esporte auxilia na saúde física. “Primeiro, por não termos Praia, se torna uma atividade atrativa, onde adultos e crianças podem praticar. A movimentação corporal completa e intensa, corridinhas para lá e para cá e a própria instabilidade provocada pela areia fazem com que o Beach tennis seja um esporte com altíssimo gasto calórico. Estima-se uma queima de em média 500 a 700 calorias durante uma hora de partida.”

Mario Zeni, professor de Beach na Praça do Belmar, menciona que a modalidade conquistou os campo-grandenses. “Essa modalidade existe em Campo Grande desde 2011, vem ganhando espaço e sendo cada vez mais praticada em nossa cidade. E Campo Grande é uma das pioneiras na oferta dessa modalidade em projetos esportivos públicos, como no movimenta CG”.

No Belmar Fidalgo, participam cerca de 70 alunos, que variam de idade, entre 7 até 73 anos. No Belmar a aula tem frequência e alunos de 11 anos jogam junto com alunas de 70 anos. “É uma modalidade muito democrática, sendo praticada em todas as regiões da cidade”, completa Mario Zeni.

“Com o Beach Tennis se tornando uma escolha popular entre os campo-grandenses, a cidade está testemunhando não apenas um aumento no número de atletas, mas também uma sensação de oferecimento de bons serviços pela prefeitura. Estamos proporcionando uma opção valiosa para o lazer e a saúde dos cidadãos”, ressaltou Maicon Mommad, diretor-presidente da Funesp.

Serviço

Para o interessado em praticar a atividade, a orientação é procurar o professor responsável pela atividade no local e verificar a disponibilidade de vagas para a modalidade. A Funesp oferece em dois locais: Praça do Belmar Fidalgo, na região central e na Praça Elias Gadia, bairro Taveiropolis.

MovimentaCG

A modalidade faz parte do Programa Movimenta Campo Grande e tem o objetivo principal ampliar o acesso ao esporte e lazer para todos os cidadãos. Oferecendo uma variedade de atividades físicas e esportivas, contribuindo para o desenvolvimento da cultura esportiva e do lazer na cidade.

Além de promover a prática de esportes, o Movimenta tem o objetivo de valorizar a cultura local oferecendo atividades que atendam às necessidades específicas das comunidades.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *