22/06/2024 - Edição 540

Vale um Play

Smartwatch

Publicado em 08/01/2014 12:00 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com a ampliação do mercado de Smartphones, agora chegam às prateleiras de lojas especializadas os Smartwatch. Mas afinal, será que isso vai dar certo?

Os relógios em geral já chegaram a ter calculadoras, bussolas e até chips de operadoras de celular e agora adquiriram o conceito smart.

Posso me considerar um grande fã de tecnologia e nesse processo adquiri uma boa coleção de relógios também. Ao pesquisar e comparar alguns modelos de Smartwatch optei em comprar o Samsung Galaxy Gear.

Com relação aos modelos do mercado: Qualcomm Toq, Pebble Watch, o Sony SmartWatch 2, a Samsung se deu bem. Jamais imaginei o quanto um relógio pode simplificar a vida, apesar de poucos aplicativos ainda disponíveis para baixar.

Porque Vale um Play? Bem, uma das coisas que mais gostei foi o fato de poder dirigir e atender um telefonema sem precisar encostar no celular, apesar do volume não ser dos melhores a qualidade do áudio é muito boa. A customização do display do relógio por meio do celular é muito intuitiva e fácil de usar, a qualidade da câmera para um relógio impressiona com seu foco automático e resolução de 1.9 megapixel, que podem ser exportados para a memória do celular. Gravar uma reunião nunca foi tão fácil. Sem contar a interação com o player de música do celular para avançar, pausar, voltar e ainda alterar o volume. Outro ponto positivo é a total interação com o aplicativo S Health que contabiliza os passos dados para o programa de exercícios. Você pode alterar a ordem de apresentação dos aplicativos e ainda a cor de fundo, que no meu caso eu seleciono de acordo com o tom das minhas camisetas.

Os relógios em geral já chegaram a ter calculadoras, bussolas e até chips de operadoras de celular e agora adquiriram o conceito smart.

O aplicativo do Gear S Voice, responde bem aos comandos, o que agiliza para fazer uma ligação ou enviar uma mensagem. Você fala e o relógio digitaliza as informações em texto para enviar ao destinatário.

Com um design bem moderno e confortável foi a melhor opção de compra no meu caso, a única restrição é que para utilizar o Samsung Galaxy Gear você precisa ter um aparelho Galaxy S3, S4, Galaxy Note 3 ou Galaxy Note 10.1. Eu tenho um Galaxy Note 3, um aparelho surpreendente, ainda mais para quem trabalha com publicidade, como eu, mas falo desse aparelho em uma próxima publicação.

Voltando ao Galaxy Gear, sua conectividade por Bluetooth versão 4.0 permite uma boa resposta mesmo com uma distância razoável do aparelho, a sincronização de notificações permite que você não perca nada sem precisar pegar o celular para conferir a informação.

Possui ainda um Processador 800 MHz, uma tela de Super Amoled com 41.4 mm e uma resolução de 320 x 320 pixels. A Memória Interna é de 4 GB e memória RAM de 512 MB, uma boa configuração para o dispositivo de pulso.

Os aplicativos ainda são poucos, mas alguns são bem interessantes como CamDictionary que traduz uma palavra usando a câmera como scanner. Para 2014 o aparelho promete receber bons aplicativos.

Realmente nunca me imaginei gostar tanto assim de um relógio. Se quiserem mais algumas informações, segue tem um link de acesso ao vídeo demonstrativo do aparelho.

Um grande abraço para todos e até a próxima.

Leia outros artigos da coluna: Vale um Play

Victor Barone

Jornalista, professor, mestre em Comunicação pela UFMS.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *