22/06/2024 - Edição 540

Vale um Play

Grandes transformações através de Microrresoluções

Publicado em 17/11/2017 12:00 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O livro Pequenas Atitudes, Grandes Mudanças é sem dúvida um daqueles acervos diversos que estavam ali na memória do seu leitor e que por um simples equívoco você o acessa e percebe que tudo nele faz muito sentido para o cotidiano prático de sua vida. Com muitas ideias e exemplos, o livro logo se torna um guia de como se tornar um indivíduo mais organizado e produtivo.

No decorrer da leitura a autora Caroline L. Arnold nos fornece exemplos de pessoas que colaboraram com as suas pesquisas e ainda nos auxilia a observar o nosso ambiente em busca de gatilhos que possam fomentar as mudanças essenciais para as Microrresoluções. Não existe uma fórmula mágica para as mudanças, porém existem pequenas, pequenas ações mesmo que com o gatilho certo permitem verdadeiras mudanças positivas e duradouras.

Muitos de nós esperam a virada do ano e já começam a planejar as listas de compromissos para o novo ano, o que de fato não funciona. O ideal é transformar a projeção futura em uma pequena e simples atividade prática que exija pouco esforço e que gradativamente possa atingir maiores proporções. Um exemplo pessoal que adotei, começou com a situação em que nos vários momentos de tensão eu tinha o péssimo hábito de morder os cantos internos da boca, o que me acarretam em feridas e incômodos frequentes.

Ao ler o tópico referente a Tolerância Zero, fiz a adequação dos gatilhos e hoje posso afirmar que consegui transformar esse péssimo hábito para uma ação concreta de não me ferir quando me deparar em novos momentos de tensão. Leva-se um tempo para que a Microrresolução possa se efetivar, porém, uma vez concretizado, as mudanças positivas se transformam em novos gatilhos para mudanças positivas perpétuas.

O livro é demais de interessante, vale todo o investimento de tempo e espero que assim como eu, todos possam dar uma chance para as Microrresoluções e assim colherem os frutos das poderosas transformações. Um grande abraço para todos e até a semana que vem.

Leia outros artigos da coluna: Vale um Play

Victor Barone

Jornalista, professor, mestre em Comunicação pela UFMS.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *