24/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Pesca proibida

Publicado em 26/02/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com recorde de apreensões realizada na Operação Piracema deste ano, a Polícia Militar Ambiental (PMA) destaca que as ações de vigilância nos rios de Mato Grosso do Sul vão ocorrer até o próximo domingo (28), último dia do período de piracema no Estado.

Hoje, todos os rios estão com a pesca proibida, com exceção para a calha do Rio Paraguai, onde a pesca esportiva (pesque e solte) está liberada para os pescadores. Mesmo nessa modalidade, é preciso respeitar algumas regras de pesca, como o tamanho das espécies capturadas e os petrechos utilizados na modalidade. Segundo a PMA, os petrechos de pesca permitidos são anzol e carretilha.

Ainda de acordo com a PMA, na Operação de 2015/2016, houve um aumento nas apreensões de petrechos utilizados irregularmente em pescas durante o período da piracema. Como comparação, em 2014/15, foram apreendidos pela PMA 295 anzóis de galho e 9 tarrafas, e neste ano, já foram apreendidos 311 anzóis de galho e 10 tarrafas.

A tabela abaixo mostra um balanço prévio das apreensões realizadas pela PMA durante o período da Piracema 2016:

PREENSÕES

12/13

13/14

14/15

15/16

Auto de Infração SEMA

36

24

18

30

Prisão em Flagrante Delegacia

28

22

16

22

Pescado Apreendido

521

473

529

454

Anzóis de galho

722

587

295

311

Barcos

5

6

6

7

Carretilhas/Molinetes

17

15

9

6

Caniços

14

2

4

3

Canoas

2

0

1

2

Espinhéis

11

13

9

7

Freezer/Caixas Isotérmicas

8

7

5

3

Iscas (UN)

190

0

0

0

Motor de popa

1

6

6

7

Redes

72

47

21

17

Veículos

6

3

4

5

Tarrafas

15

13

9

10

Multas R$

61.150

23.120

33.940

69.260


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *