21/02/2024 - Edição 525

Mato Grosso do Sul

Governo leva melhorias a Miranda

Publicado em 27/05/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A população de Miranda recebeu diversas melhorias para facilitar a vida no município na quarta-feira (25). Isso porque o Governo do Estado oficializou a inauguração do Fácil – Central de Atendimento ao Cidadão, autorizou reforma na escola Escola Estadual Caetano Pinto, entregou a Escola Estadual Indígena Professor Atanásio Alves e anunciou o Programa de Apoio as Comunidades Indígenas (Proacin), bem como uma força tarefa para reforma de patrulhas mecanizadas.

A primeira parada do governador Reinaldo Azambuja foi no novo Fácil, primeira unidade do interior do Estado que une os órgãos Iagro, Agenfa, Agraer e Vale Renda, os quais prestavam serviços em prédios distantes e alugados. A partir de agora todos funcionam no prédio do antigo fórum de Miranda. Com a medida, o governo gera economia, uma vez que deixa de pagar quatro aluguéis, água, energia e manutenção, já que o novo local pertence ao Estado.

“O novo Fácil traz comodidade e tranquilidade para a população mirandense. As pessoas não precisam se deslocar mais para resolver as pendências. Também centralizar o atendimento faz com que o Estado gaste menos com serviços e mais com as pessoas. É com alegria que a gente vem a Miranda trazer inaugurações e mais qualidade de vida. Esse trabalho mostra o que é ser republicano, governar para as pessoas e poder proporcionar dias melhores para toda uma comunidade”, declarou Reinaldo.

Durante a visita, o governador autorizou a abertura de licitação para a reforma da Escola Estadual Caetano Pinto, na área urbana do município. Com recursos de R$ 950 mil, o Estado pretende revitalizar o prédio da unidade que atende 794 alunos com a oferta de ensino fundamental e médio. Serão construídas ainda uma biblioteca, sala de jogos e arquibancada da quadra de esportes.

A diretora da escola, Edna Barbier da Silva, declarou que essa revitalização é um sonho antigo de toda a população e disse que com a obra, Reinaldo ajuda a construir o futuro. “Nós da comunidade escolar estamos esperando essa reforma há mais de 10 anos. Sempre batalhamos e agora tenho certeza que vamos seguir mais motivados no projeto maior que é formar cidadãos”, afirmou.

Aldeia Lalima recebe escola e programas de incentivo a agricultura

O segundo destino de Reinaldo no município de Miranda foi a aldeia indígena Lalima. Recepcionado pelo cacique João da Silva e por toda a comunidade Terena, o governador inaugurou a Escola Estadual Indígena Professor Atanásio Alves. A construção faz parte do programa Obra Inacabada Zero e recebeu investimento de R$ 1,8 milhão em seis salas de aula de arquitetura padrão indígena, com sala de informática, banheiros, refeitório e uma quadra coberta.

O cacique contou que o nome da escola é uma homenagem ao primeiro professor da unidade, Atanásio Alves. “Sabemos que através da educação faremos uma grande diferença na vida dos nosso povo. Atanásio foi uma grande homem e exemplo para muitos da nossa comunidade. Hoje a Lalima se sente contemplada. Nossas crianças indígenas vão crescer com mais oportunidades. Antes estávamos ocupando a Escola Municipal Indígena Polo João Figueiredo, mas agora temos uma unidade para atender a Lalima. Obrigado governador”, agradeceu o cacique.

Em seguida, Reinado e o diretor-presidente da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Enelvo Felini, anunciaram dois projetos que beneficiarão a população indígena do Estado: o Programa de Apoio as Comunidades Indígenas de Mato Grosso do Sul (Proacin) e a reforma e manutenção das patrulhas mecanizadas cedidas pelo governo estadual às aldeias.

“Para estimular a agricultura familiar nas comunidades indígenas, o governo do Estado distribuiu óleo diesel, sementes, insumos e assistência técnica por meio da Agraer. Todas essas ações estão sendo programadas dentro do Proacin, para beneficiar mais de 10 mil famílias. Nós da Agraer ficamos muito felizes de fazer parte desse projeto de governo, auxiliando os produtores. Viver feliz no campo é assim, com produção e muito trabalho”, ressaltou Enelvo.

Sobre os maquinários, Reinaldo explicou que existe uma emenda parlamentar federal de R$ 1 milhão junto à Funai, a qual vai permitir que os 69 tratores doados pelo Estado aos pequenos produtores recebam manutenção para continuar atendendo as 70 aldeias espalhadas em 25 municípios sul-mato-grossenses.

“A emenda é do deputado federal Zeca do PT. E nós, o Estado de MS, vamos destinar mais R$ 500 mil em contrapartida para garantir a execução do projeto de reforma e manutenção do maquinário. Independente de partido político, trabalhamos pelas pessoas. Vocês indígenas do nosso estado têm muito a oferecer à economia seja com a agricultura, com o artesanato ou até mesmo com o turismo de contemplação. Tenho certeza que vamos firmar grandes parcerias para trazer desenvolvimento para todo o Estado. Esse é o nosso desafio”, finalizou o governador.

Participaram das entregas a prefeita de Miranda, Juliana Almeida; o vice-prefeito de Miranda, Sidnei Barbosa de Araújo; o presidente da Câmara Municipal de Miranda, Francisco Cebalho Medeiros; o deputado estadual Beto Pereira; e o deputado federal Zeca do PT.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *