24/02/2024 - Edição 525

Ecologia

Renault lança a Duster Oroch a partir de R$ 62.290

Publicado em 01/10/2015 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Renault lançou na segunda-feira (28), no Rio, a Duster Oroch, 1ª picape da marca, fabricada em São José dos Pinhais (PR). O modelo será vendido a partir de R$ 62.290 em 3 versões, sempre com cabine dupla, e duas opções de motores: 1.6 e 2.0. Não há opção de câmbio automático.

Com 4,70 m de comprimento, a picape inaugura o subsegmento das que não são nem compactas, como a Fiat Strada, e nem médias, como a Chevrolet S10, líderes em vendas. Além de entrar na briga contra versões desses dois tipos, a Oroch já tem um concorrente direto em vista: a picape “quase média” que a própria Fiat deve lançar no início de 2016.

Veja os detalhes de cada versão:

Expression 1.6 (câmbio manual de 5 marchas) – R$ 62.290

Inclui direção hidráulica, vidros elétricos, alarme, travas elétricas, volante com comandos de áudio e telefone, ar-condicionado, rodas aro 16 polegadas de liga leve, rádio CD/MP3 com 4 alto-falantes, USB e Bluetooth (para atender chamadas no celular sem segurar o aparelho), banco do motorista com regulagem de altura, travamento automático das portas, barras no teto, santantônio e protetor de caçamba. Opcionais: retrovisores externos com regulagem elétrica e faróis de neblina.

– Dynamique 1.6 (câmbio manual de 5 marchas) – R$ 66.790

Adiciona central multimídia, faróis de neblina, piloto automático, comando elétrico dos retrovisores, sensor de estacionamento, volante com acabamento em couro, computador de bordo, indicador de temperatura externa e vidros do motorista com comando de 1 toque. Opcionais: bancos em couro, protetor frontal com faróis adicionais, alargador de para-lamas, capota marítima e grade de proteção do vidro traseiro.

Dynamique 2.0 (câmbio manual de 6 marchas) – R$ 70.790

Mesmos itens da Dynamique 1.6.

Como acessórios, há suporte de bicicleta para caçamba e barra de teto transversal, para bicicleta, prancha, etc.

A ‘cara’ do Duster

A Oroch usa o nome Duster porque é derivada do SUV, um dos modelos mais vendidos da Renault no Brasil. Além da mesma “cara” por fora (até a porta traseira) e por dentro (painel), ambos têm largura igual (1,56 m) e quase a mesma altura: a picape tem  1 cm a menos (1,62 m).

Mas a Oroch é bem mais comprida: tem 30 cm a mais do que o SUV (4,70 m). A distância entre eixos é de 2,81 m, 15 centímetros a mais que a do utilitário. A Strada tem até 2,75 m de entre-eixos e a S10, 3,09 m, mostrando que a Oroch fica num meio-termo. A altura em relação ao solo é de 206 milímetros, superior à da picape compacta da Fiat.

Na Oroch, o estepe fica embaixo da parte traseira do veículo, deixando a caçamba livre para o transporte de carga. A caçamba tem capacidade para 683 litros, com 1,17 m de largura e 1,35 m de profundidade, permitindo, segundo a Renault, transportar 650kg (ncluindo ocupantes) contra 400 kg da Strada e 944 kg na S10. Há a possibilidade de instalar a capota marítima direto de fábrica.

Estrutura reforçada

A Renault informou que, em relação ao Duster, toda a parte traseira da cabine, inclusive a coluna “C” (entre a porta traseira e caçamba), foi reforçada. Também mudaram as longarinas, parede traseira da cabine (em concha, para abrigar melhor cargas como motos e bicicletas) e o assoalho.

Sempre equipado com câmbio de 5 marchas, o motor 1.6 16V oferece 115 cavalos a 5.750 rpm com etanol e 110 cv com gasolina. Em torque, são 15,9 kgfm a 2.500 rpm (etanol) e 15,1 kgfm a 2.500 rpm (gasolina).

Combinado com a transmissão de 6 marchas, o 2.0 16V desenvolve 148 cv a 5.750 rpm quando abastecido com etanol e 143 cv a com gasolina. A torque máximo é de 20,9 kgfm a 4.000 rpm, com etanol, e 20,2 kgfm a 4.000 rpm, com gasolina.

Diferente das concorrentes maiores, a Oroch não possui opção de tração 4×4, apenas dianteira. A suspensão traseira independente multilink promete “maior conforto, menor nível de ruído e estabilidade aprimorada independente do piso”, diz a montadora. A suspensão dianteira independente foi calibrada para garantir o máximo de estabilidade nas curvas.

A garantia de fábrica é de 3 anos ou 100 mil km rodados.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *