15/06/2024 - Edição 540

Cultura e Entretenimento

Feira das Artes Visuais durante o 2º Campão Cultural terá foco na comercialização de obras de arte

A Feira estará localizada no Armazém Cultural com acesso fácil e receberá 05 artistas renomados, convidados pelo Núcleo de Artes Visuais da FCMS

Publicado em 22/09/2022 3:25 - Semana On

Divulgação Governo MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A 2ª edição do Festival Campão Cultural, que acontece de 08 a 15 de outubo de 2022, abre espaço em sua programação para a comercialização de artes visuais. A ação é dedicada ao segmento das artes visuais que há décadas almejavam esse espaço tão importante e merecido dentro dos seus festivais.

“Os artistas apresentarão obras de artes de diferentes técnicas e será dividida por 05 stands de 160 x 300cm cada. O objetivo é incluir a cena artística visual de MS no circuito comercial, promovendo geração de renda para a classe e possibilitando novos fomentos futuros como intercâmbios com feiras artísticas visuais de outros Estados, fortalecendo os laços entre a classe e levantando a questão de que precisamos fomentar esse campo comercial por ser algo importante no processo de geração de renda na área das artes visuais”, relata Marilena Grolli, gestora do Núcleo de Artes Visuais da FCMS e idealizadora da ação.

Os artistas convidados pelo núcleo de Artes Visuais da FCMS são atuantes da cena artística visual do Estado, nacional e internacionalmente: Mauro Mondine, Kim Matos, Carlos Vera, Ryam Paès e Fernando Anghinone.

Abaixo, um pouco sobre cada artista expositor.

Mauro Mondine -Formado em Artes Visuais pela UFMS, Professor, Artista Visual e Arte terapeuta. Atualmente trabalha com as mandalas de Pontilhismo para expressar meus sentimentos. Elas são portais energéticos, te trazem para o aqui, e, o agora. São ferramentas curativas, e trabalham com as energias. Quando as mesmas estão em um ambiente, elas possuem o poder de equilibrar e centralizar as energias. Os meus trabalhos são feitos de forma intuitivas, trabalho conectado com meu coração e espírito, transformando em trabalhos psicofísicos (corpo, mente e espírito).

Ryam Paès, usa e abusa de sua regionalidade, incorporando signos, mescla fauna e flora aos elementos sociais que atravessam sua vivência. Agregando experiências de pintura, instalação e performance à gêneros visuais com um ímpeto contemporâneo.

Carlos Vera – As cores e as formas geométricas, sempre foram elementos fundamentais na obra de Carlos Vera, que, além da beleza, faz pensar, refletir e mexe com o inconsciente das pessoas. Sua formação gráfica, Artista visual, Publicitário e Designer Gráfico, faz com que brinque com as formas e as cores, resultando em traços marcantes. Uma identidade singular que caracteriza suas várias fases de criação e que pode ser comprovada nas várias exposições coletivas e individuais das quais vem participando ao longo dos anos. Neste momento do seu trabalho artístico está pintando vasos de cerâmicas com um colorido que faz nascer uma estética subjetiva e produtos de artes, com seu estilo inconfundível.

Fernando Anghinone – Artista visual atua nas áreas de design gráfico e artes plásticas. Já foi consultor em inovação atuando no artesanato sul-matogrossense pelo Sebrae entre os anos de 2013 a 2017. Já foi contemplado em 2013 com o Projeto CromoSomos Campo Grande, financiado pela FMIC e Fundac da Prefeitura de Campo Grande. Expôs suas obras na Galeria de Vidro e também participou do Projeto Artes & Cores no Paço na Prefeitura da cidade. Atualmente está retomando as atividades participando de feiras e eventos onde expõe gravuras e desenhos tendo como referência a produção artística baseada na cultura do Estado do Mato Grosso do Sul.

Kim Matos é natural de Campo Grande – MS, seus atos artísticos ocupam espaços com pintura, desenho, performance, poesia e vídeo, caminha nas encruzilhadas artísticas buscando retomar raízes sensíveis, natureza e território. Sua poética cria narrativas a partir de mergulhos e reflexões sobre processos de interiorização e experienciação do meio, em busca da própria consciência de si.  Kim Matos é formada em Artes Visuais – Licenciatura pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Kim foi artista convidada para a Conferência da Juventude pelas Ações Climáticas do Mundo (LCOY), ações da ONU versão Brasil, apresentando sua obra videoarte “INVOCAÇÃO – Retomar a terra”.

O Núcleo de Artes Visuais da FCMS faz parte da Gerencia de Difusão Cultural e tem o objetivo de ampliar o diálogo com a produção atual das artes visuais e estimular a reflexão sobre a produção cultural brasileira, contribuindo com a promoção, difusão e expansão da diversidade da linguagem artística e cultural, além de possibilitar a compreensão das múltiplas linguagens e expressões, não se limitando somente às de caráter local.

Para mais informações, entre em contato com o Núcleo de Artes Visuais da FCMS, pelo telefone (67) 3316-9172.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *