21/04/2024 - Edição 540

Cultura e Entretenimento

Expedição MS apresenta belezas da rota rupestre de Alcinópolis

Região possui mais de 30 sítios arqueológicos que impressionam pela profusão de imagens e cores

Publicado em 01/07/2023 11:02 - Semana On

Divulgação Gov MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

“Resultado de um processo natural de sedimentação pelas forças dos ventos e das águas, que a natureza levou milhões de anos para formar e elo das duas maiores bacias da américa do sul, a do Prata e a Amazônica, o Pantanal é um dos lugares mais bonitos e preservados do mundo. Se na superfície da maior planície alagável do planeta veem-se os traços culturais do homem que a habita, seus costumes e tradições, é nas encostas de planalto que margeiam o pantanal que encontramos em grande quantidade e variedades de formas, expressivo patrimônio histórico, arte rupestre”.

E assim começa mais uma edição do programa Expedição MS, que apresenta a rota rupestre de Alcinópolis, cidade localizada no cerrado-pantanal em meio a tradição do agronegócios e convivendo com novos empreendimentos, como é o caso do turismo científico e de contemplação.

E que contemplação …

Alcinópolis possui mais de 30 sítios arqueológicos que impressionam pela profusão de imagens e cores. É a famosa rota rupestre de Mato Grosso do Sul. A maior quantidade de sítios arqueológicos é encontrada nas unidades de conservação do monumento natural Serra do Bom Jardim.

A equipe de reportagem pôde ver de perto as belezas diversificadas da região e seu entorno, com serras, morros, cânions, chapadas e chapadões, elementos próprios de uma natureza complexa e uma rede hidrográfica preciosa, berço de vários vestígios do tempo.

Com a produção e reportagem de Ana Rita Dornelles e Carlos Dihl, o Expedição MS desta semana traz o Templo dos Pilares, lugar onde a arte rupestre aparece de forma monumental, com grafismos, pinturas, inscrições e gravações. São as primeiras manifestações do pensamento simbólico em um tempo anterior à escrita, um verdadeiro museu a céu aberto.

A rota cerrado-pantanal faz de Alcinópolis a Capital da Arte Rupestre de Mato Grosso do Sul e é prova viva de que preservar é viável, inclusive financeiramente para os municípios.

Em 1999, como medida de proteção, foi criado o Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari, com mais de 30 mil hectares, um importante corredor da biodiversidade do Pantanal, local onde estão localizados os sítios arqueológicos que impressionam pela profusão de imagens e cores. Para falar deste assunto, a reportagem ouviu o ambientalista Edilson Cotonette.

O programa Expedição MS traz uma série de reportagens voltadas à divulgação do Turismo em Mato Grosso do Sul nas mais diversas modalidades, como ecoturismo, vivencial ou de experiências, cultural e de eventos.

Seu formato recai no documentário clássico, ancorado em off e inserções de sonoras e personagens diretamente imersas na localidade em que estão inseridas. A duração média é de até 27 minutos em dois blocos, com periodicidade quinzenal. O desafio que se impõe é traduzir em imagens as belezas cênicas e o patrimônio natural e cultural do lugar.

Ficha Técnica:

Produção-executiva: Lu Tanno
Pesquisa e roteiro: Lu Tanno
Imagens: Igor “Foca” de Lana Gerônimo
Piloto de drone: Betinho Escalante
Edição: Carlos Diehl
Técnico de Mixagem e Áudio: Roberto Torminn
Produção: Ana Rita Moraes
Direção: Carlos Diehl e Lu Tanno
Coord. De Produção: Daniela Benante
Coord. Técnico- Operacional: Cezar Roriz
Diretor de TV: Carlos Filho
Diretor- Presidente: Elias Mendes
Apoio Cultural:
Prefeitura de Alcinópolis
Agradecimentos:
Secretaria de Turismo de Alcinópolis


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *