13/04/2024 - Edição 540

Campo Grande

Segundo reforço contra a Covid-19 é ampliado e todos com 18 anos ou mais podem se vacinar

A vacina está disponível em mais de 50 pontos de imunização

Publicado em 28/11/2022 10:05 - Semana On

Divulgação PMCG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A partir desta segunda-feira (28) toda a população com 18 anos ou mais que recebeu o primeiro reforço da vacina contra a Covid-19 há pelo menos quatro meses poderá se vacinar com a segunda dose extra do imunizante. A vacina está disponível em mais de 50 pontos de imunização.

Como uma estratégia para tentar evitar um novo crescimento de casos, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), iniciou há cerca de dez dia a ampliação do público alvo para a aplicação do segundo reforço, uma vez que, até então, apenas pessoas com 35 anos ou mais poderiam receber o imunizante.

“A maior parte da força de trabalho em indústrias, frigoríficos e comércio da Capital, são os jovens, e são justamente eles que não podem correr o risco de precisar se afastar do serviço neste momento em que há um giro muito grande na economia, para proteger esse público que estamos ampliando a vacinação”, explica o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho.

A decisão foi tomada com base no registro de aumento de casos observados nos estados vizinhos, onde já foi confirmada a presença da subvariante da Ômicron, a BQ.1. Cientes da possibilidade de já haver a circulação do vírus na cidade e ele apenas não ter sido isolado até o momento, a secretaria reforça a necessidade de que todos completem o esquema vacinal.

“Percebemos um aumento na procura pelo teste, mas nossa positividade ainda está baixa, porém há a possibilidade de termos um cenário similar ao do começo do ano, em que houve semanas em que a cada cem testes realizados, 43 eram positivos”, conclui o secretário.

Os locais e horários de funcionamento dos pontos de vacinação estão disponíveis em www.campogrande.ms.gov.br/sesau/vacinacg.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *