26/02/2024 - Edição 525

Campo Grande

Prefeitura vai recuperar “piscinão” do Sóter para reter 10 milhões de litros

A bacia tem função de regular a vazão do córrego, contribuindo para evitar o transbordamento na altura do Parque das Nações Indígenas

Publicado em 01/12/2022 10:22 - Semana On

Divulgação Prefeitura CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Campo Grande vai recuperar o piscinão construído no Parque Sóter que está assoreado e coberto pela vegetação. Para isso serão retiradas 8.400 toneladas de areia e sedimentos, material suficiente para encher 700 caminhões.

A bacia de amortecimento, construída há quase 20 anos junto com o Parque, tem capacidade para reter até 10 milhões de litros da enxurrada escoada pelo sistema de drenagem do Bairro Mata do Jacinto.

A bacia que ocupa uma área de 4.800 metros tem função de regular a vazão do córrego a jusante, contribuindo para evitar o transbordamento do Sóter, na altura do Parque das Nações Indígenas.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, com a falta de manutenção durante todos estes anos, a bacia de amortecimento “desapareceu” assoreada pela areia e os sedimentos carregados pela enxurrada, além da vegetação que brotou nos quase 0,5 hectare de perímetro.

O desassoreamento é uma medida compensatória custeada pela empresa responsável por um empreendimento imobiliário. A manutenção foi licenciada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), que autorizou a supressão de 44 árvores e determinou o plantio de 1.300 mudas como compensação.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *