17/07/2024 - Edição 550

Campo Grande

Parceria com HCor e UPAs resulta em diagnóstico eficaz a pacientes com problemas de coração

Testes para detecção da Covid-19 seguem disponíveis em todas as unidades básicas e de saúde da família

Publicado em 07/02/2023 11:33 - Semana On

Divulgação PMCG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Firmada desde 2020, uma parceria entre o Hospital do Coração (HCor) de São Paulo e as UPAs de Campo Grande garantem um diagnóstico eficaz e célere a pacientes que apresentam suspeita de ataque cardíaco no momento em que dão entrada nas unidades de saúde. O resultado do eletrocardiograma realizado no local sai em até dez minutos e o médico plantonista têm o apoio de um especialista do hospital para definir a conduta a ser adotada.

O projeto do HCor está presente em cinco das seis unidades de pronto atendimento da Capital, dando suporte à equipe de saúde na confecção do laudo do exame e, quando necessário, no apoio ao plantonista.  

“Nossos profissionais plantonistas são, em sua maioria, clínicos gerais, e as informações obtidas através do exame de ecocardiograma podem ser confusos para eles, e com esse suporto os laudos apresentam as informações necessárias para serem avaliadas de acordo com cada paciente”, explica o responsável pela coordenadoria de Urgência e Emergência, Leonardo Monteiro. 

Segunda fase 

Desde o início deste mês, a nova etapa do projeto está sendo instaurada nas UPAs, com a capacitação das equipes que antes só contavam com o laudo médico após o tele-ecocardiograma. “Quando identificado que o paciente está sofrendo um infarto do miocárdio ou possui alguma disritmia grave, o especialista já entra em contato com o profissional que está atendendo e discutem sobre a melhor conduta a ser adotada”, comenta o médico. 

Durante a capacitação, as equipes das unidades de saúde receberam um novo equipamento e notebook, que possui o equipamento para fazer a leitura do exame e enviar para o especialista no hospital do coração. Após o laudo, que é feito em até dez minutos, o contato com o plantonista é feito e retomado em 48h, para que seja acompanhado o desfecho do caso. 

“Se é discutido qual é foi a evolução do paciente, se ele recebeu alta, se foi transferido para uma unidade hospitalar ou se houve o óbito. Neste último caso, podemos também saber quais as estratégias para que evitemos que isso ocorra, quando possível”, conclui o coordenador. 

ECG 

O ECG é ferramenta fundamental diagnóstica na sala de emergência, já que serve como um método de triagem dos pacientes que sofrem com a dor no peito e pode de fato ajudar muitos pacientes no mundo todo. 

O exame é simples, indolor e geralmente muito rápido. Com o paciente deitado, é feita a limpeza do tórax, pernas e braços com gaze embebida em solução antisséptica. Depois, são colocados eletrodos nas pernas, próximos aos punhos e na região anterior do tórax do paciente. É usado um gel condutor para evitar interferências. A atividade elétrica do coração passa para os tecidos e chega até a pele, sendo captada por eletrodos. 

Já o laudo consta a descrição de todos os elementos encontrados no exame e informações sobre a frequência cardíaca e outros aspectos cardiovasculares do paciente. O documento é finalizado com parecer do médico, concluído a partir dos dados obtidos no exame que, de forma geral, compara os gráficos gerados pelo paciente com gráficos padrão. A partir desta comparação, o especialista verifica se o estado é de normalidade ou de alteração dos batimentos do coração. 

Testes para detecção da Covid-19

De segunda a sexta-feira, o teste para detecção da Covid-19 é disponibilizado nas 74 unidades básicas e de saúde da família distribuídas nas sete regiões urbanas e distritos do Município de maneira gratuita e por demanda espontânea, ou seja,  sem a necessidade de agendamento prévio.  Atualmente, mais de 20 locais realizam o teste em horário estendido. Aos sábados e feriados, a testagem acontece somente nas unidades de plantão referenciadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

“Com o diagnóstico feito em tempo oportuno, nós quebramos a cadeia de transmissão do vírus, porque esse individuo passará a cumprir o período de isolamento e deixará de circular, reduzindo assim os riscos de se ter uma contaminação cruzada. Portanto, é fundamental que a pessoa que esteja com sintomas procure uma unidade para realizar o teste’, destaca o secretário municipal de Saúde, Dr. Sandro Benites, reforça a importância das pessoas realizarem o testes em caso de sintomas gripais.

Para orientar o usuário sobre onde buscar atendimento, a Sesau disponibiliza uma plataforma onde é possível localizar a unidade de saúde mais próxima. Basta digitar o CEP ou endereço de residência. (Clique aqui). Abaixo a relação de unidades e horários para testagem.

O teste é recomendado para pessoas que apresentam sintomas respiratórios, como tosse, coriza, febre e dor de cabeça.  No caso do teste de antígeno, o resultado fica disponível em no máximo 20 minutos. Quem tiver o resultado positivo já tem a orientação e encaminhamento para unidade de saúde de referência para atendimento.

O paciente sintomático conta ainda com o serviço de Teleantedimento da Sesau, onde ele pode entrar em contato pelo número 2020-2170 e receber orientações de um profissional sobre as medidas de prevenção e onde buscar atendimento, caso seja necessário. O serviço funciona diariamente, das 7h às 19h, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Prevenção

A Sesau reforça as orientações à população sobre os cuidados e formas de prevenção à Covid-19.  A higiene pessoal e etiqueta respiratória, associada à vacinação, continuam sendo as principais formas de evitar o contágio pelo coronavírus. 

 Seguindo também as orientações da Prefeitura Municipal quanto ao uso de máscaras, quem apresentar sintomas respiratórios, como coriza e tosse, por exemplo, deve retomar o uso do equipamento de proteção individual.

Cobertura Vacinal 

Outro aliado de grande valor no combate à infecção, é a vacinação, que além de prevenir a contaminação pelo vírus, faz com que, quem ainda assim seja infectado tenha sintomas leves, não sendo necessário que suporte hospitalar. Atualmente, a Capital conta com mais de 80% de sua população com o esquema vacinal completo. O calendário pode ser conferido no site: www.campogrande.ms.gov.br/sesau/vacinacg.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *