25/04/2024 - Edição 540

Campo Grande

Obras na Cafezais e Moreninhas passam por vistoria para acompanhar andamento e qualidade

Novo acesso às Moreninhas ligará a região à Avenida Guaicurus

Publicado em 29/03/2023 4:02 - Semana On

Divulgação MS Gov

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em mais um dia de vistoria de obras públicas, o secretário Hélio Peluffo, da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística), esteve na Avenida dos Cafezais e no Bairro Moreninhas, nesta quarta-feira (29), para acompanhar o andamento e a qualidade dos serviços de infraestrutura urbana que são realizados na região Sul de Campo Grande. Juntas, as duas obras têm R$ 50,8 milhões do Governo de Mato Grosso do Sul.

Peluffo vistoriou os canteiros acompanhado de engenheiros da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), de equipes técnicas das empresas contratadas e do vereador Zé da Farmácia.

“A Avenida dos Cafezais é uma obra de R$ 9,5 milhões que está em um ritmo acelerado, com qualidade dentro dos parâmetros que a Seilog determinou”, disse o secretário, que fiscalizou o trecho que passa por duplicação, entre a Avenida Gury Marques e a rotatória da Avenida Delegado Alfredo Hardman.

“Aqui estão fazendo a recuperação do asfalto, com reciclagem do pavimento com cimento. É uma tecnologia que a secretaria usa para ter reaproveitamento e um asfalto melhor, com base melhor”, explicou Peluffo.

Com extensão total de 3,2 quilômetros entre a Avenida Gury Marques e a Rua Engenheiro Paulo Frontin, a Avenida Cafezais passa por obras de pavimentação, drenagem e restauração, contemplando 1.150,84 metros de duplicação; 1.806,00 metros de drenagem; 13.379,39 m² de asfalto novo; 49.445,33 m² de recapeamento; 3.631,78 m² de reconstrução do pavimento; e instalação de 1.097 metros de ciclovia.

Nas Moreninhas, o secretário conferiu o andamento da drenagem da Avenida Alto da Serra, que será o caminho do novo acesso ao bairro. “Essa via passa por macrodrenagem que vai atender toda região. É um planejamento importante para a Capital, que o governador Eduardo Riedel teve o cuidado de planejar. É uma obra de qualidade”, afirmou Peluffo.

O diretor de Empreendimentos de Infraestrutura Urbana da Agesul, Pedro Brandão, acompanhou a visita técnica e detalhou o projeto. “O novo acesso às Moreninhas tem nove quilômetros de drenagem, 135 mil m² de pavimentação, ciclovia, acessibilidade, revitalização de alguns trechos de pavimento existentes e trechos de implantação de pavimentação”, pontuou.

Dono de uma padaria que será beneficiada com o novo acesso, Cleberson Klutschk da Silva, 42 anos, foi acompanhar a movimentação dos técnicos da Seilog e da Agesul.

“O asfalto vai passar na frente da padaria. A expectativa está boa e o povo comentando muito. A obra era muito aguardada pela população da Moreninha. Hoje, vendo em andamento, é uma alegria imensa. Há 40 anos que eu moro aqui e é muito gratificante isso acontecer. Estamos muito felizes”, disse.

Nesta etapa da obra do novo acesso às Moreninhas, que ligará a região à Avenida Guaicurus, são investidos R$ 41,3 milhões do Governo de Mato Grosso do Sul.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *