25/02/2024 - Edição 525

Campo Grande

Com 6 mil cartinhas ainda para serem adotadas em MS, Correios ampliam até dia 20 campanha de Natal

Em Campo Grande, as adoções e entregas podem ser feitas em quatro locais

Publicado em 06/12/2023 11:19 - G1MS

Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mato Grosso do Sul ainda tem mais de 6 mil cartinhas da campanha do Papai Noel dos Correios para serem adotadas. Com isso, os Correios ampliaram o prazo da iniciativa. Agora a população tem até o dia 20 de dezembro para ir até uma das agências participantes e apadrinhar o pedido de uma criança ou adolescente.

Uma das cartinhas é a de Lucas, de 10 anos, de Campo Grande. “Fui um bom menino esse ano, esse ano estou aprendendo a tocar violino, mas ainda não tenho e gostaria muito de ganhar um violino pra poder praticar em casa”, escreveu ao Papai Noel.

As cartinhas trazem vários tipos de pedidos, de brinquedos, como carrinhos, bonecas, bicicletas, patinetes e skates até eletrônicos, como videogames e drones.

As cartinhas podem ser atendidas tanto por pessoas físicas quanto empresas e instituições.

As cidades participantes são:

  • Anastácio;
  • Aquidauana;
  • Bela Vista;
  • Caarapó;
  • Campo Grande;
  • Cassilândia;
  • Dourados;
  • Inocência;
  • Ivinhema;
  • Naviraí;
  • Nova Alvorada do Sul;
  • Nova Andradina;
  • Paranaíba;
  • Ponta Porã;
  • Ribas do Rio Pardo;
  • Taquarussu;
  • Três Lagoas.

No interior, as cartinhas podem ser adotadas e os presentes entregues em qualquer agência dos Correios.

Em Campo Grande, as adoções e entregas podem ser feitas em quatro locais:

  • Agência Estação Rodoviária, na rua Vasconcelos Fernandes, 226, bairro Amambaí
  • Agência Okinawa, na avenida Afonso Pena, 4.909, 1º piso, loja 701, bairro Santa Fé
  • Agência Central, na avenida Calógera, 2.309, centro
  • Stand Shopping Campo Grande – Piso Superior

História

A tradicional campanha começou há 34 anos, quando os carteiros recolhiam as cartas das crianças para o Papai Noel e eles próprios atendiam os pedidos. Com o tempo, a empresa criou um programa para disponibilizar as cartas para os empregados e a população. A iniciativa já atendeu mais de 6 milhões de crianças e adolescentes.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *