22/02/2024 - Edição 525

Campo Grande

Cesta básica em Campo Grande é a 6ª mais cara do país, aponta Dieese

Na capital de Mato Grosso do Sul, a cesta básica custa R$ 736,76

Publicado em 07/02/2024 10:55 - G1MS

Divulgação Tânia Rêgo - Abr

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Campo Grande é a 6ª capital com a cesta básica mais cara dentre as capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O departamento publicou, na terça-feira (6), a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos do mês de janeiro.

Os dados mostram que para adquirir os itens da cesta básica, o trabalhador de Campo Grande tem que pagar R$ 736,76. O valor é equivalente a 114 horas de trabalho do campo-grandense.

Atualmente, a cesta básica está custando R$ 736,76 em Campo Grande, valor abaixo apenas das capitais Florianópolis (R$ 800,31), São Paulo (R$ 793,39), Rio de Janeiro (R$ 791,77), Porto Alegre (R$ 791,16) e Brasília (R$ 742,52).

Produtos com aumento de valor:

  • Feijão: 14,54%
  • Arroz: 8,85%
  • Banana: 6,95%
  • Óleo: 3,01%
  • Manteiga: 2,31%
  • Carne bovina: 1,90%
  • Farinha de trigo: 0,65%

Produtos com queda de preço:

  • Café: 10,38%
  • Café: 1,18%
  • Açúcar cristal: 0,50%

Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *