01/03/2024 - Edição 525

Campo Grande

Base móvel da Guarda Municipal chega ao Caiobá

Base deve ficar em média por uma semana em cada local, com 10 viaturas realizando rondas

Publicado em 06/02/2024 9:39 - Semana On

Divulgação PMCG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Moradores da região do Lagoa comemoraram a chegada da base móvel da Guarda Civil Metropolitana ao Bairro Caiobá na manhã de ontem (05) e descreveram o sentimento de segurança. O programa “Guarda em Ação”, leva pela primeira vez, a base móvel as sete regiões e aos dois Distritos em Campo Grande.

“A palavra é segurança, eu me sinto seguro com a chegada da GCM no bairro, sabendo que ela não vai ficar somente aqui, mas em todo o entorno, na região, me deixa mais despreocupado, menos tenso. É um pedido antigo de um serviço muito necessário aqui na região e que chegou na hora certa”, descreve o morador Enéas Barbosa, também presidente do Instituto de Desenvolvimento Evangelho (ID), que desenvolve ações voltadas a juventude do bairro.

A primeira Base Móvel na região do Lagoa irá funcionar das 7h às 22h com rondas e atendendo aos anseios da população. Além disso, conta com os serviços de apoio da Patrulha Maria da Penha, Trânsito e Patrulha Ambiental.

A base deve ficar em média por uma semana em cada local. Depois da região do Lagoa, a ação será direcionada ao Centro e Anhanduizinho. Conforme o secretário da Sesdes (Secretaria Especial de Segurança Pública e Defesa Social), Anderson Gonzaga, as regiões foram elencadas baseado na demanda da população.

“Nós estamos começando aqui no Lagoa porque é uma região de grande demanda na área da segurança, depois vamos para o Centro e seguimos conforme a necessidade da população. Assim, também foi feito a prestação de serviços. Aqui nosso apoio ao trânsito é muito necessário por conta de manobras perigosas, também a patrulha Maria da Penha e a parte ambiental da fiscalização de descarte irregular de lixo”, descreve Gonzaga.

Para o presidente da Associação de Moradores do Vila Fernanda, Carlos Alberto Romero, a ação é uma conquista para toda Campo Grande. “Nós já temos um trabalho muito bom junto à Guarda Municipal, sempre que pedimos, que ligamos, somos prontamente atendidos, mas com certeza, ter uma base aqui, com viaturas em ronda e um espaço para que a gente possa denunciar, tirar dúvidas, para onde correr, nos traz uma alegria e uma sensação de segurança tremenda”, completa.

Ao todo, 4 viaturas de 4 rodas e 6 motos farão o reforço no local. Também estarão presente a Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e Grupamento Especializado de Motopatrulhamento (GEMOP) para trabalhos na segurança da região.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *