24/04/2024 - Edição 540

Saúde

OMS recomenda que pessoas de países com o vírus da zika adiem a gravidez

Publicado em 16/06/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Pessoas que moram em áreas onde há circulação do vírus da zika devem considerar adiar a gravidez para evitar o nascimento de bebês com microcefalia, concluiu a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A recomendação afeta milhões de casais em 46 países da América Latina e do Caribe onde ocorre a transmissão do zika.

Os governos de cinco países já lançaram recomendações similares, mas os CDCs (Centros de Controle e Prevenção de Doença dos EUA) decidiram não utilizar essa abordagem considerando que o governo não deveria se intrometer em decisões pessoais como esta.

A OMS afirmou que homens e mulheres em idade reprodutiva "deveriam ser informados e orientados corretamente sobre considerar adiar a gravidez". A diretriz foi lançada originalmente na semana passada, mas só ganhou atenção entre os especialistas no último dia 9, quando a organização publicou um esclarecimento distinguindo as pessoas que moram em regiões com o zika e pessoas que visitam esses locais.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *