21/02/2024 - Edição 525

Poder

81% aprovam abertura de processo para investigar Temer por corrupção

Publicado em 01/08/2017 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Pesquisa do Ibope encomendada pela ONG Avaaz avaliou o posicionamento dos eleitores brasileiros sobre a atuação dos deputados federais na sessão de votação que pode definir a abertura de um processo contra o presidente Michel Temer. A votação está marcada para quarta-feira (2) no plenário da Câmara.

O Ibope Inteligência perguntou aos entrevistados: "o senhor ou senhora acredita que os deputados federais devem votar a favor ou contra abertura do processo que torna o presidente Michel Temer réu por crime de corrupção?"

– A favor: 81%

– Contra: 14%

– Não sabe/não respondeu: 5%

O Ibope ouviu 1 mil pessoas por telefone entre os dias 24 e 26 de julho. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Ruim ou péssimo para 70% da população, diz Ibope

O Ibope anunciou também que na pesquisa de avaliação do governo Temer, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a aprovação de Michel Temer é numericamente a mais baixa para um presidente desde 1986. O nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Em dezembro, 13% dos entrevistados consideravam o governo Temer ótimo ou bom; em março, 10%; e agora, o índice caiu para 5%. Consideravam regular: 35%; depois, 31%; e agora o percentual caiu para 21%. Os que consideravam o governo ruim ou péssimo eram 46%; o índice subiu para 55%; e agora subiu de novo, para 70%. Seis por cento não souberam ou não responderam em dezembro; depois, 4%; e agora, 3%.

Em relação à maneira de Michel Temer governar, 26% aprovavam em dezembro; em março, o índice caiu para 20%; e agora, caiu novamente, para 11%. Os que desaprovavam eram 64%; o percentual subiu para 63%; e agora, subiu de novo, para 83%. Não souberam ou não responderam eram 10%; depois, 7%; e agora, 5%.

A pesquisa também mostrou o índice de confiança em Michel Temer. Em dezembro, 23% confiavam no presidente; em março, o índice caiu para 17%; e agora caiu de novo, para 10%. Não confiavam: 72%; o percentual subiu para 79%; e agora subiu novamente, para 87%. Não souberam ou não responderam: 5%; depois, 3%; e agora 3% novamente. O Ibope entrevistou 2 mil pessoas em 125 cidades, de 13 a 16 de julho.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *