13/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Três Lagoas ganha moderno aparelho de radioterapia

Publicado em 05/06/2014 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Três Lagoas anunciou investimento de R$ 2.95 milhões de recursos do Ministério da Saúde para compra e instalação de Acelerador Linear, moderno aparelho de radioterapia para tratamento contra o câncer.

O investimento, empenhado pelo Ministério da Saúde em favor do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, completam R$ 3 milhões de recursos, viabilizados para a Unidade de Alta Complexidade Oncológica (Unacon) de Três Lagoas.

“Esse valor não apenas garante a duplicação de atendimento de pacientes, passando para 200 atendimentos mês dentro de um ano, como garante a continuidade da oferta do serviço, que poderia ser interrompido, tendo em vista novas normatizações do Ministério da Saúde”, comentou o diretor administrativo do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, Eduardo Otoni.

Com a habilitação da Unacon do Hospital Auxiliadora junto ao Ministério da Saúde e pelos resultados positivos da Gestão Compartilhada com a Prefeitura de Três Lagoas, o município passa a integrar a viabilização de recursos para projetos do Plano Nacional de Expansão da Radioterapia.

Importância

A importância e significado deste investimento para aquisição e instalação do Acelerador Linear é demonstrada por dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Instituto Nacional do Câncer (INCA). Esses dados mostram que, na região do Bolsão, a estimativa de novos casos de câncer é de 1,2 mil pacientes.

Segundo técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas, 60% desses pacientes necessitarão de sessões de radioterapia ao longo de seu tratamento, indicando o número de 720 tratamentos radioterápicos na localidade, a exata capacidade do Acelerador Linear, que deverá ser instalado na Unacon do Hospital Auxiliadora.

“Atualmente atendemos no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora quase 100 pacientes mês com cirurgias e quimioterapias, mas faltava o equipamento para radioterapia. O Acelerador Linear é uma grande conquista”, explicou Otoni.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *