22/07/2024 - Edição 550

Mato Grosso do Sul

Riedel discute com Ministério dos Transportes nova modelagem na concessão da BR-163

GT de Fauna desenvolve nova metodologia para monitorar animais atropelados em rodovias

Publicado em 06/09/2023 9:29 - Semana On

Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Por meio de videoconferência, o governador Eduardo Riedel participou de uma reunião na terça-feira (5) com o ministro dos Transportes, Renan Filho. Em pauta o novo modelo de investimentos para rodovia BR-163, que corta Mato Grosso do Sul. A expectativa é que a proposta possa atender as demandas do Estado e dos municípios envolvidos.

A proposta final definida pelo Ministério dos Transportes para rodovia será enviada ao Governo do Estado, que vai avaliar o novo modelo e fazer uma devolutiva. Desde o começo do ano o governador vem buscando uma solução para rodovia, que foi concessionada para CCR MSVia a partir de 2014, no entanto ela não teve sua duplicação concluída.

“O ministro apresentou a proposta de otimização da BR-163, em um novo modelo e proposta, e o Governo do Estado vai avaliar os investimentos que são importantes, pois o Estado tem suas reivindicações, principalmente aquelas que atendem aos municípios, como a necessidade da duplicação em um número considerável”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Hélio Peluffo, que também participou da reunião.

Peluffo destacou que o Governo do Estado entende que o novo modelo que está sendo feito é o mais apropriado para rodovia, no entanto é necessário atender as demandas do Estado. “O modelo proposto é de otimização do contrato com a CCR, mas vamos avaliar a proposta em detalhes como a antecipação de investimentos. Depois o governador vai dar um retorno ao ministro sobre tais inovações”, completou.

A secretária especial da EPE (Escritório de Parcerias Estratégicas), Eliane Detoni, também participou da videoconferência e avaliou a reunião como positiva. “O ministro vai nos encaminhar a proposta final e vamos conhecer em detalhes os avanços para este contrato. Já vimos alguns (avanços) significativos, como inovações regulatórias e o valor da tarifa que nos preocupava fortemente, o governador inclusive deixou isto claro durante a reunião”.

Detoni reforçou que o Governo do Estado está muito atento as demandas e necessidades dos municípios por onde passa a rodovia no Estado, assim sobre que avanços são necessários para BR-163. “Vamos avaliar o novo modelo, como vai ser os investimentos de partida, para que possam trazer maiores benefícios à população e a todos que trafegam na rodovia”.

A reunião por videoconferência também contou com a presença do secretário da Semadesc (Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), Jaime Verruck. A solução e novos investimentos para BR-163 é uma das prioridades da gestão estadual.

GT de Fauna desenvolve nova metodologia para monitorar animais atropelados em rodovias

Para aprimorar o trabalho do programa Estrada Viva – de prevenção de acidentes envolvendo animais silvestres em Mato Grosso do Sul, técnicos do Governo do Estado trabalham na elaboração de um termo de referência que será aplicado às amostragens de animais atropelados nas rodovias estaduais. A iniciativa é do GT de Fauna (Grupo de Trabalho de Fauna), que reúne instituições do governo estadual e também organizações não governamentais.

“Estamos discutindo uma nova metodologia de avaliação para aplicar no monitoramento das rodovias estaduais atendidas pelo Estrada Viva”, explicou o diretor de Meio Ambiente da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), Ednilson Lopes da Silva, na terça-feira (5), após mais uma reunião do GT de Fauna.

Além de ser aplicada às amostragens de animais atropelados nas rodovias estaduais, o termo de referência também será utilizado como aprimoramento de medidas de mitigação de obras em rodovias estaduais sujeitas ao licenciamento ambiental. “A elaboração está bem avançada. Pretendemos finalizar neste mês”, completou Ednilson.

Também fazem parte do GT de Fauna o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e o Icas (Instituto de Conservação de Animais Silvestres), além de outras instituições. O grupo objetiva propor a normatização das ações de gestão e manejo de fauna silvestre em Mato Grosso do Sul.

Monitoramento do Estrada Viva

Atualmente, 19 trechos de 16 rodovias estaduais são monitorados pelo Estrada Viva. Com acesso aos dados de atropelamento de animais, técnicos do programa conseguem propor medidas de redução de acidentes, como instalações de controladores de velocidade, de telas condutoras de fauna e de placas lúdicas que orientam os motoristas.

Entre as rodovias atendidas estão a Estrada do 21, entre Anastácio e Bonito; a Estrada Parque Piraputanga, em Aquidauana; e a MS-040, entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *