21/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Riedel articula parcerias para promover o turismo em MS

Bonito amplia número de voos semanais com São Paulo

Publicado em 03/07/2023 9:37 - Semana On

Divulgação Gov MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Para impulsionar as ações de fomento ao turismo em Mato Grosso do Sul, o governador Eduardo Riedel está estabelecendo parcerias com a Fecomércio-MS no projeto “Vai Turismo – Rumo ao Futuro”.

A ação é uma iniciativa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) e faz parte de um movimento nacional formado por pessoas e organizações, que visa contribuir com propostas para impulsionar o setor de turismo regional e nacional, principalmente após o impacto da pandemia.

O projeto foi apresentado ao governador durante reunião com o presidente da Fecomércio Edison de Araújo, a superintendente Valmira Carvalho, o diretor regional do Senac-MS Vitor Mello, com a participação do secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Jaime Verruck.

“É importante o trabalho de inteligência, de dados. Temos trabalho muito na questão da infraestrutura aeroportuária para aumentar a quantidade de voos regionais e avançar para a melhoria da estrutura para os pequenos aeroportos”, explicou Riedel.

O programa é uma oportunidade de conectar pessoas e instituições, integrar propostas e determinar a direção para o desenvolvimento sustentável de destinos turísticos de Mato Grosso do Sul.

“Nesta etapa apresentamos o projeto e articulamos para seguir no movimento de evolução. Para que o turismo continue na pauta já que é algo importante para o Estado, que gera emprego e renda”, pontuou Araújo.

Atualmente a Fecomércio mantém um grupo de trabalho, representando os diversos segmentos do turismo e contará com a participação do Governo do Estado. O projeto estabeleceu prioridades para o desenvolvimento do turismo sustentável e ações para fazer frente aos desafios, considerando um norteamento estratégico por quatro anos.

Turismo de Fronteira

Outra atuação da Fecomércio-MS é na área de turismo de fronteira. “Podemos avançar em relações internacionais, novos negócios e estimular parcerias. Atuando para quebrar barreira. A ideia é atuar juntos, entendendo o interesse do Governo”, disse Valmira.

A gestão municipalista do Governo do Estado assegura desenvolvimento, investimentos e infraestrutura em todos os municípios de Mato Grosso do Sul. Em Ponta Porã, o governador Eduardo Riedel participou no dia 2 de junho, da assinatura das ordens de serviço para urbanização e revitalização da Linha Internacional, entre Brasil e Paraguai.

A obra emblemática vai beneficiar diretamente o turismo de compras, e tornar o município – que fica na fronteira com a cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero – um destino ainda mais atrativo. A execução do projeto Fronteira do Futuro é financiada pelo Fonplata (Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata) com investimento de R$ 85 milhões.

“O Mato Grosso do Sul tem em andamento o Plano Estadual de Desenvolvimento de Fronteiras, e o turismo acaba sendo a consequência de uma série de ações em determinada região”, disse Verruck.

Bonito amplia número de voos semanais com São Paulo

Bonito é a capital nacional do ecoturismo. Para atender toda a demanda por viagens à cidade, a Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística), que opera o Aeródromo Regional de Bonito, autorizou a Gol Linhas Aéreas a trabalhar com voo extra às terças-feiras na rota Congonhas (SP)/Bonito durante o mês de julho.

Atualmente, o aeroporto possui seis voos regulares por semana, sendo dois da Gol, às quintas-feiras e domingos, e quatro da Azul Linhas Aéreas, nas segundas, quartas, sextas e domingos, no itinerário Viracopos (SP)/Corumbá/Bonito.

Segundo o superintendente Viário e coordenador de Transporte Aéreo da Seilog, Derick Hudson Machado de Souza, o voo das terças-feiras da Gol estará disponível apenas para o mês de julho. “É um período em que Bonito historicamente atrai um alto volume de visitantes, em razão das férias escolares, mas a empresa pode reconsiderar e prolongar o voo extra de acordo com a demanda”, disse.

Ao longo dos últimos anos, o Aeroporto Regional de Bonito recebeu uma série de aportes do governo estadual para instalar novos equipamentos e realizar reformas em áreas internas e externas, que atendem os padrões da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo).

As melhorias fizeram com que o aeroporto avançasse da categoria 3C VFR (Visual) para 3C IFR (Instrumento), expandindo a capacidade de voos e permitindo a operação de aeronaves de maior capacidade, inclusive em condições climáticas mais adversas que a operação visual.

Além da conquista da certificação operacional, a Seilog, em dezembro de 2022, certificou sua Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicação e Tráfego Aéreo (EPTA), fechando assim toda condição operacional necessária para atrair outras companhias aéreas ao Aeroporto de Bonito, além de oferecer condições de expansão para as empresas que já operam na unidade.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *