13/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Pesquisa aponta que 84,53% dos beneficiários aprovam o plano de saúde Cassems

De acordo com a pesquisa, 81,86% dos beneficiários avaliam a atenção em saúde oferecida pela Cassems como ótima ou boa e 74,13% dos usuários recomendariam o plano

Publicado em 06/04/2023 8:22 - Semana On

Divulgação CASSEMS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Para 84,53% dos beneficiários da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) o plano de saúde é ótimo ou bom, é o que aponta a pesquisa encomendada pela Caixa de Servidores, realizada pela IPR Pesquisas. O levantamento, feito por amostragem, foi realizado em onze cidades do estado no período de 13 a 17 de fevereiro de 2023 e avalia os serviços assistenciais prestados pela instituição e a sua Rede Credenciada e Própria em 2022.

Os usuários também consideram positiva toda a atenção em saúde recebida no atendimento em hospitais, laboratórios, clínicas, médicos, dentistas, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, entre outros serviços. De acordo com a pesquisa, 81,86% dos beneficiários avaliam a atenção em saúde oferecida pela Cassems como ótima ou boa e 74,13% dos usuários recomendariam o plano.

Para o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, a avaliação positiva da pesquisa é fruto do trabalho responsável dos conselhos Fiscal e Administrativo, dos colaboradores e dos beneficiários. “É especialmente satisfatório, não apenas pelos números, mas, principalmente, porque eles demonstram que a preocupação em cuidar da vida do servidor, construir um plano de saúde com gestão própria se consolidou”, disse.

“Esse resultado nos motiva a continuar trabalhando para construir um plano cada vez melhor, com mais qualidade, dedicação, profissionais altamente capacitados, qualificados para oferecer o melhor atendimento, porque com certeza nós queremos sempre o melhor atendimento, o mais humanizado”, finalizou Ayache.

Confira a pesquisa na íntegra aqui.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *