25/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Novo Portal da Transparência será mais popular e vai atender exigências do mundo moderno

“MS é um dos Estados mais transparentes e vamos seguir melhorando”, afirmou o governador

Publicado em 25/04/2023 10:25 - Semana On

Divulgação Gov. MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Para atender as exigências e novas demandas da sociedade, o Governo do Estado terá um “Novo Portal da Transparência”, com a missão de apresentar uma linguagem mais didática e de fácil compreensão à população. Ele já está em fase de construção e deve ficar pronto no ano que vem.

O Novo Portal é uma das prioridades do governador Eduardo Riedel, que tem a transparência e divulgação dos atos poder público como um dos pilares da sua gestão. Ele está sendo elaborado pela CGE (Controladoria Geral do Estado), com apoio da SGI (Superintendência de Gestão da Informação).

“Sempre é bom olhar para o passado para contextualizar e depois caminhar para frente. Mato Grosso do Sul carregava uma marca que não dava orgulho, pois era o último estado em transparência do Brasil. Desde 2015 começamos a mudar este cenário, tivemos um grande processo e hoje somos um dos melhores do País e vamos seguir para melhorar cada vez mais”, afirmou o governador.

O controlador-geral do Estado, Carlos Eduardo Girão, explicou que o atual portal foi criado em cenário diferente, quando os gestores e a sociedade estavam começando a lidar com a “transparência” dos atos públicos, mas que este quadro já mudou e hoje a população tem novas demandas e está cobrando mais do poder público.

“Por isso a necessidade de ter um portal mais moderno e acessível à população. Ele precisa apresentar mais dados e informações, se tornar mais instigante ao cidadão, com conteúdo menos técnico, tendo uma linguagem mais cidadã”, descreveu Girão.

Ele ponderou que a nova ferramenta vai “incrementar conteúdo”, ter mais dados e dispor de um gerenciamento mais descentralizados, valorizando o trabalho de quem produz o conteúdo, colocando um responsável em cada secretaria para decidir o que vai divulgar no portal.

Também haverá o cuidado para melhorar a apresentação dos dados e informações, ter áreas temáticas, que possam dispor de painéis, gráficos e mapas. “Teremos por exemplo informações sobre as obras em andamento, em relação aos prazos, fotos e até vídeos, assim como situação atual das construções”, revelou o controlador.

A previsão é que o novo portal esteja em funcionamento em 2024. A sua construção está sendo feita em 40 módulos. “Estamos atuando para atender da melhor forma os novos desafios do mundo moderno, em que a transparência tem um papel primordial”.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *