28/02/2024 - Edição 525

Mato Grosso do Sul

MS está entre os sete estados com maior rendimento domiciliar do Brasil

Mato Grosso do Sul tem o rendimento domiciliar de R$ 1.839,00, superior a nacional, que está em R$ 1.625,00

Publicado em 27/02/2023 10:18 - Semana On

Divulgação Gov MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mato Grosso do Sul aparece na 7° colocação entre os estados com maiores rendimentos domiciliares mensais per capita do Brasil.  Esta avaliação referente ao ano de 2022 consta na Pesquisa Nacional de Amostras de Domicílios (PNAD), que é feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Divulgada no último dia 24, a pesquisa mostra que Mato Grosso do Sul tem o rendimento domiciliar de R$ 1.839,00, que é inclusive superior ao do Brasil, que está em R$ 1.625,00. O levantamento atende a lei complementar que estabelece os critérios de rateio do FPE (Fundo de Participação dos Estados).

A frente de Mato Grosso do Sul estão apenas Distrito Federal (2.913), São Paulo (R$ 2.148), Rio Grande do Sul (2.087), Santa Catarina (2.018), Rio de Janeiro (1.971) e Paraná (1.846). Os estados com pior desempenho nesta avaliação foram Maranhão (814), Alagoas (935) e Amazonas (965).

Segundo o IBGE, para definir o rendimento domiciliar per capita é calculado a razão entre o total de rendimentos, com o número de moradores da casa. Neste cálculo se leva em conta não apenas os salários, mas outras fontes da residência, como por exemplo pensionistas, empregados domésticos e parentes.

A PNAD Contínua é uma pesquisa domiciliar realizada pelo IBGE desde 2012, com acompanhamento trimestral. Ela sempre foi realizada de forma presencial em domicílios selecionados. No período de março de 2020 a junho de 2021 foi por telefone em função da pandemia.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *