26/02/2024 - Edição 525

Mato Grosso do Sul

Isenção de ICMS a pequenos produtores garante merenda escolar à rede pública de ensino

Medida estende um benefício antes concedido apenas as cooperativas

Publicado em 25/02/2023 10:11 - Semana On

Divulgação Pref. Três Lagoas

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com objetivo de garantir merenda escolar para os estudantes da rede pública, o Governo do Estado por meio da SEFAZ-MS (Secretaria Estadual de Fazenda) concedeu benefício fiscal de isenção do ICMS em operações internas com produtos hortícolas regionais aos pequenos produtores pertencentes a associações em Mato Grosso do Sul.

Conforme o Secretário de Fazenda, Flavio Cesar, a proposta estende um benefício antes concedido apenas as cooperativas, ou seja, as associações de produtores rurais, apesar de constituídas para a mesma finalidade das cooperativas – no caso o fornecimento de produtos para a merenda escolar – ainda não tinham a venda abrigada pela isenção de ICMS.

“Agora, tanto a transferência entre estabelecimentos da cooperativa e/associação e a primeira operação, de saída do produtor rural para a cooperativa e/ou associação também serão beneficiadas. É uma forma de promover Justiça fiscal e ao mesmo tempo garantir alimentos saudáveis às nossas crianças da educação pública no Estado de Mato Grosso do Sul”, explica.

A presidente da Associação de Mulheres do Assentamento Monjolinho (AMAM), Maria da Penha Macedo da Cruz, 62 anos, conta que para o coletivo onde trabalha a medida garante mais investimento para a agroindústria e também dinheiro no bolso das associadas.

“Nós somos 28 mulheres que trabalhamos com hortifrúti e frutos do cerrado como pequi, bocaiuva, laranja, banana, abóbora, mamão. Também fazemos beneficiamento e transformação desses frutos em farinhas, conservas, cremes, geleias, castanhas, óleo de pequi, licores, pães, biscoitos, entre outros. Nossa associação tem 10 anos de existência, tem prédio, uma agroindústria equipada, um veículo que ganhamos de doação. Então, essa isenção vai ajudar a pagar as contas e garantir mais dinheiro para nossas famílias”, disse.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *