22/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Governo investe em reforma de escolas em Campo Grande, Dourados, Corumbá e São Gabriel do Oeste

Riedel: ‘Vamos entregar até o final de 2024 um investimento de R$ 300 milhões em reformas de escolas’

Publicado em 09/06/2023 9:13 - Semana On

Divulgação Gov MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mais duas escolas estaduais entram para o calendário de reforma geral, no cumprimento do novo ciclo de desenvolvimento do Mato Grosso do Sul. O Governo autorizou obras de revitalização da Escola Sebastião Santana de Oliveira, no bairro José Abrão, em Campo Grande, e da Escola Dorcelina Folador, no município de São Gabriel do Oeste.

No total, serão investidos R$ 9 milhões, na reforma geral, sendo R$ 6,4 milhões na unidade escolar em Campo Grande, e mais R$ 2,6 milhões, na Escola Estadual de São Gabriel do Oeste.

As duas escolas passarão por grandes intervenções, que incluem a substituição de telhados, piso, pintura interna e externa, reforma dos banheiros, fiação elétrica, troca de equipamentos hidráulicos, escoamento pluvial, quadras esportivas, calçamento, entre outras.

Alunos e diretores das instituições de ensino estão empolgados com a novidade. De acordo com o professor Domingos da Luz Nogueira, responsável pela EE em Campo Grande, a reforma já era aguardada com bastante expectativa. “A nossa Escola atende 250 alunos em tempo integral. Não observo grandes transtornos já que o benefício será grande. Durante a reforma, nossas atividades escolares serão transferidas aqui mesmo no José Abrão para uma unidade do Sesi”, afirmou o diretor.

Em São Gabriel, a Escola Estadual Dorcelina Folador, atende cerca de 117 alunos e segundo a diretora, Silvia Fátima Lazzaretti, a revitalização é muito aguardada. “Está todo mundo numa expectativa muito grande. Quando eu vejo as fotos das escolas reformadas e entregues eu compartilho com os pais e professores, e a torcida agora é para que a nossa Escola fique tão bonita ou até mais quanto essas reformadas. Os alunos sabem que é necessário desocupar o espaço para a reforma, mas eles anseiam pela reforma e que o ambiente fique mais agradável”, conta a diretora.

R$ 15 milhões para reformar e equipar escolas reinauguradas em Dourados

Uma das mais tradicionais e importantes instituições de ensino de Dourados, a Escola Estadual Castro Alves está de cara nova. Fundada em 1966 e localizada na área central da cidade, a escola foi contemplada com a reforma geral do prédio e um aporte financeiro de R$ 5,7 milhões. A unidade escolar possui 630 estudantes matriculados no Ensino Fundamental (6º ao 9º ano).

Ainda foram aplicados outros R$ 1,15 milhão para a aquisição de mobiliário e equipamentos, totalizando investimentos de R$ 6,9 milhões de recursos oriundos do Governo Estadual.

A entrega da reforma contou com a presença do governador Eduardo Riedel, do prefeito de Dourados, Alan Guedes, do secretário de Estado de Educação, Hélio Daher, da diretora da escola, Márcia Regina Wider, parlamentares e demais autoridades. Os alunos da Castro Alves ficaram eufóricos com a entrada do governador no ginásio esportivo.

“Que alegria estar com vocês hoje na inauguração dessa escola maravilhosa. Quando vocês estudam, quando vocês têm oportunidade de ter professores que vão passar conhecimento, vocês vivem cidadania”, disse Riedel.

Na reforma, a unidade escolar foi adequada às normas vigentes de acessibilidade, proteção contra incêndio e pânico, descargas atmosféricas e vigilância sanitária. Também houve a substituição de cobertura, revestimentos de pisos, esquadrias, pintura geral interna e externa, reforma geral dos banheiros e cozinha, adequação de calçadas, serviços hidrossanitários e reforma da quadra esportiva.

O secretário de Educação, Hélio Daher, destacou o trabalho e a dedicação de professores que foram, juntos com a comunidade escolar, resilientes durante todo o período de reforma da escola. “Eu quero agradecer os professores, servidores administrativos, estudantes e suas famílias pela paciência de não estarem num espaço adequado, mas que depois entregamos esta estrutura que estamos vendo aqui”, ressaltou.

“Tudo isso só faz sentido porque a gente tem vocês aqui. A rede pública de ensino de Dourados recebe 51 mil estudantes todos os dias. Esse é um compromisso que todo o homem público deve ter”, relatou o prefeito de Dourados, Alan Guedes.

Mais investimentos em Educação

Outra unidade escolar em Dourados que recebeu melhorias foi a Escola Estadual Menodora Fialho Figueiredo, no Jardim Caramuru. A Escola Menodora Fialho de Figueiredo tem mais de 50 anos de tradição e atende 330 estudantes de forma integral as séries finais do Ensino Fundamental (6º e 9º ano) e o Ensino Médio.

Foram investidos R$ 6,5 milhões na obra de revitalização e modernização de infraestrutura, além da instalação de laboratórios, reforma da quadra esportiva, melhoria na fachada e intervenções na cobertura para garantir maior qualidade de atendimento aos estudantes, servidores, colaboradores e à comunidade.

Os recursos são provenientes de parceria entre Governo de Mato Grosso do Sul e a União.

Outros R$ 1.388.785,52 garantiram a aquisição de mobiliário, como freezer, refrigerador, bebedouro, aparelhos de ar-condicionado, armários, mesas, gaveteiro, mesas de refeitório, conjuntos escolares, conjunto de professores, microcomputadores, tablets, chromebook’s, dentre outros. No total, foram investidos R$ 7.913.753,24 na escola.

Em 2021, a Escola passou a fazer parte do grupo de unidades escolares da Rede Estadual responsáveis pela oferta do ensino em tempo integral. Além de se manter na vanguarda da educação, a equipe da escola Menodora se orgulha do sucesso dos seus estudantes nas avaliações do Enem e dos vestibulares de várias universidades do Estado e do País.

Os alunos da Menodora se destacam com premiações em diversas áreas, como esportes, projetos, concursos, festivais, olimpíadas e produções culturais, representando a cidade de Dourados.

Escola Júlia Gonçalves Passarinho, em Corumbá, também será reformada

Espaço moderno e educação de qualidade. Com este conceito o Governo do Estado vai promover a reforma geral da na Escola Estadual Júlia Gonçalves Passarinho, em Corumbá. O investimento será de R$ 7,6 milhões para disponibilizar um ambiente confortável e adequado aos estudantes e profissionais.

Com 52 anos de história, esta escola que é tradicional de Corumbá faz parte do programa “Escola de Autoria”, oferecendo o ensino de tempo integral para os estudantes da região do Pantanal.

A empresa responsável pela obra terá o prazo de 365 dias (1 ano) para concluir as atividades no local, assim que for expedido a ordem de serviços pela SED (Secretaria Estadual de Educação).

A unidade localizada na área central de Corumbá tem 510 alunos, matriculados do 8° ano do Ensino Fundamental até o 3° ano do Ensino Médio. Ela funciona de forma exclusiva no modelo de ensino integral desde 2017.

“A reforma é um marco importante para todos nós. A escola é histórica e muito conhecida, na qual várias gerações se formaram e passaram por aqui e construíram seu projeto de vida escolar. A unidade tem mais de 50 anos de história. Gostaria de agradecer ao governador em nome de toda comunidade escolar”, afirmou a diretora da unidade, Érica Oliveira do Espírito Santo.

Ela contou que a obra era muito aguardada pela comunidade escolar, com benefícios a todos. “Vai trazer qualidade de ensino, conforto e bem-estar aos nossos estudantes. Todo este investimento vai trazer como consequência a melhoria da aprendizagem, o avanço dos nossos estudantes, que é a nossa meta. Um prédio preparado e equipado faz a diferença”.

O governador Eduardo Riedel destacou desde o início do seu mandato que as reformas, ampliações e reestruturações das escolas estaduais estão entre as prioridades da sua gestão, já que assim melhora as condições de ensino aos estudantes, torna o espaço mais moderno, acessível e preparado para o futuro.

“Vamos continuar com as reformas nas escolas estaduais, pois o desenvolvimento do Estado tem a educação como base. Estas obras são importantes porque contribuem para uma educação de qualidade, levando conforto e boas condições aos alunos e profissionais que trabalham nas unidades”, afirmou o governador.

O secretário de Educação, Hélio Daher, ressalta que as obras nas unidades além de gerar conforto e melhores condições de trabalho, também aumentam a autoestima de toda comunidade escolar, sendo mais um incentivo aos alunos. “Nós conseguimos ver a gratidão das pessoas quando a obra fica pronta. Trata-se de um ganho para todos”.

O planejamento do Governo do Estado é investir R$ 300 milhões em reformas de escolas até o final de 2024. Ao todo a Rede Estadual de Ensino conta com 348 escolas, atendendo assim 185 mil estudantes.  Destas 172 unidades estão no sistema de tempo integral, contemplando 32 mil alunos nesta modalidade.

Investimentos em Educação

O Governo de Mato Grosso do Sul vai entregar até o final de 2024 um investimento de R$ 300 milhões em reformas de escolas da REE (Rede Estadual de Ensino). Atualmente, a Rede Estadual de Ensino conta com 348 escolas, sendo 172 delas com ensino em tempo integral. Ao todo, são atendidos cerca de 185 mil estudantes, somando todas as modalidades de ensino. No modelo de tempo integral, são 32 mil alunos.

O secretário estadual de Educação, Helio Queiroz Daher, defendeu que as reformas vão além do espaço físico. “Sempre entendemos que entregar uma escola vai além do prédio, do tijolo. A gente não entrega apenas uma escola bonita, entrega também dignidade para os nossos estudantes. A gente está entregando também um ambiente que eles merecem estar”, enfatiza o secretário.

Daher ressalta que a escola pública é para muitas crianças brasileiras o único ambiente em que comem bem, acessam banheiros adequados e se sentem acolhidas diante de questões e necessidades básicas, e por isso é tão importante um olhar atento para as escolas.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *