25/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Com foco no planejamento do MS até 2027, Dourados recebe encontro regional do PPA

Em Ponta Porã, obras do Contorno Viário Sul recebem R$ 66 milhões

Publicado em 22/06/2023 9:41 - Semana On

Divulgação Gov MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O município de Dourados vai sediar o segundo encontro regional para discussão do Plano Plurianual (PPA) de Mato Grosso do Sul, que estabelece o planejamento das ações do Governo do Estado para os próximos quatro anos.

O evento será na sexta-feira (23), das 13h30 às 17h, no auditório da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). Os encontros regionais são realizados para popularizar e democratizar a gestão. A primeira reunião ocorreu na terça-feira (20), em Três Lagoas.

“O Governo está insistindo para o cidadão participar, para que o trabalho seja democrático e ajude a desenvolver a nossa região, a dar mais saúde, educação, tirar as pessoas da linha de pobreza e faixa de risco, evitar a fome. E garantir também, desenvolvimento sob o aspecto de estradas, de atração de empresas, criação de emprego, capacitação da mão de obra”, explicou o secretário-executivo de Gestão Estratégica e Municipalismo (Segem), Thaner Castro Nogueira.

Os encontros regionais, que tiveram início na terça-feira (20) e seguem até o dia 7 de julho, serão realizados também em Campo Grande e nos municípios de Bonito, Coxim, Corumbá e Naviraí, além de Dourados e Três Lagoas.

Nesta etapa, o governo recebe a contribuição da população sul-mato-grossense que indica quais políticas públicas e ações devem ser priorizadas nos municípios e no Estado. “Se a população participa o Estado tem mais chances de acertar nas suas políticas. O PPA é revisado anualmente, mas o grande planejamento acontece agora no primeiro ano de Governo. Então é a oportunidade do cidadão se envolver mais com a área pública, participar e fazer suas considerações”, disse Nogueira.

Instrumento para planejar

O PPA é importante para o planejamento e gestão das políticas públicas, permitindo maior transparência, participação da sociedade e eficiência na alocação de recursos públicos. O Plano é um instrumento de planejamento governamental que define as prioridades e diretrizes de ações do governo para o período de quatro anos e uma das suas etapas é a escuta social.

O ciclo de sete encontros nas cidades-sedes vai envolver todos os municípios do Estado, para que a população participe das discussões e também dê sugestões para o PPA.

A oportunidade de a sociedade participar, opinar e indicar as áreas que necessitam de mais atenção para a melhoria da qualidade de vida. A escuta pode ser feita de várias maneiras. Para o PPA do Governo de MS está disponível um canal online, desenvolvido pela STI e também as sete grandes reuniões – uma na Capital e seis no interior do Estado.

“De uma forma objetiva o cidadão pode expressar quais seriam as reais necessidades para sua região, cidade, e aquilo que o Governo do Estado poderia oferecer. Então, ter no PPA a participação social, e com isso o Estado destina mais justamente os seus recursos. Se a sociedade se omite, perde uma grande oportunidade de ajudar o Governo a acertar”, finalizou o secretário-executivo.

Na última PPA, elaborada em 2019, foram realizadas cinco reuniões – uma na Capital e quatro no interior. Desta vez a quantidade de encontros regionais aumentou, para que a população tenha maior envolvimento e representatividade.

Encontros regionais

As próximas reuniões serão em Bonito (27), Coxim (30), Corumbá (03/07) e Naviraí (05/07). Em Campo Grande o encontro será no dia 7 de julho, das 13h30 às 17h, no auditório da UEMS.

Outras informações estão disponíveis no site https://www.segov.ms.gov.br/planejamento-plurianual, onde também podem ser enviadas sugestões para o PPA.

Investimento em Ponta Porã

Com parceria do Governo do Estado, Ponta Porã vivencia um importante marco em sua infraestrutura através das obras de pavimentação do Contorno Viário Sul. A ligação é uma iniciativa estratégica que visa desviar o tráfego de veículos pesados do centro da cidade, melhorando a mobilidade urbana.

Os serviços estão divididos em duas frentes de trabalho, que estão em pleno andamento para ligar a BR-463 à Rua Guia Lopes. Com pouco mais de 13 quilômetros, o trecho recebe investimentos de aproximadamente R$ 66 milhões.

“Essa é uma importante obra que vai promover o reordenamento urbano de Ponta Porã, além de dar mais segurança ao trânsito. É uma ação esperada há décadas pelos moradores da cidade”, destaca o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo.

As obras do Contorno Viário Sul de Ponta Porã são executadas pela prefeitura com recursos do Governo do Estado, empenhados por meio da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e da Seilog.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo, que fiscaliza o serviço executado pelas empresas, operários trabalham na terraplanagem e regularização das pistas. Além da pavimentação, no trecho do Contorno Viário Sul também é feita a ampliação da ponte de concreto sobre o Córrego São Vicente.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *