15/06/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Com 102 convênios e R$ 300 milhões em investimentos, Riedel capitaneia ações de desenvolvimento no interior

Bodoquena, Itaporã, Iguatemi, Japorã e Eldorado foram os municípios atendidos nesta semana pelo Governo

Publicado em 24/05/2024 9:41 - Semana On

Divulgação Gov MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Bodoquena, Itaporã, Iguatemi, Japorã e Eldorado foram os municípios atendidos nesta semana pelo Governo do Estado.

O governador Eduardo Riedel entregou a reforma de duas escolas estaduais no município de Eldorado, e também a obra de implantação e pavimentação asfáltica da rodovia MS-295, que receberam mais de R$ 59 milhões em investimentos.

“No Porto Morumbi entregamos a escola reformada e o acesso pavimentado. E vamos pavimentar o distrito e o entorno da escola. A visão do Estado e o compromisso para tudo que tem acontecido é a educação. Que a gente possa continuar com crescimento e desenvolvimento para todos”, disse Riedel.

A implantação de mais um trecho rodoviário vai contribuir com o turismo e desenvolvimento para a toda a região. Com investimentos de mais de R$ 41,2 milhões, via Fundersul, foram pavimentados 19,7 km da rodovia MS-295, que liga Eldorado ao distrito de Porto Morumbi, localizado às margens do Rio Paraná.

A obra também vai beneficiar o escoamento da produção de soja e milho.

“A obra é um sonho antigo da comunidade que começou a se formar no início da década de 50, época que recebeu seus primeiros moradores, vindos dos estados de São Paulo e Paraná. A pavimentação vai melhorar o acesso ao local, contribuir com o escoamento da produção e ainda impulsionar o turismo”, afirmou o prefeito de Eldorado, Aguinaldo dos Santos.

No distrito de Porto Morumbi vivem 600 habitantes, e aos fins de semana e feriados a região recebe visitantes para a prática de atividades de lazer às margens do rio Paraná.

Também no distrito, com investimentos de mais de R$ 4,5 milhões, foi entregue a obra de reforma geral com acessibilidade da Escola Estadual Silo Vargas e a obra de pavimentação asfáltica, recapeamento e drenagem de águas pluviais, além de acesso ao Porto Murumbi, com aproximadamente R$ 7,3 milhões em recursos, por intermédio da Seilog.

A escola estadual foi totalmente reformada, a primeira obra em 52 anos de existência da unidade, fundada em 1972. Todos os investimentos têm como objetivo melhorar a vida dos moradores, com infraestrutura e ensino de qualidade. A reforma da escola rural vai beneficiar diretamente 70 alunos que receberão o prédio novo e totalmente adequado.

Na área urbana do município foi entregue a obra de reforma geral com acessibilidade da Escola Estadual Eldorado – de 1975 –, que atende 640 estudantes, com investimentos de mais de R$ 6 milhões.

Japorã recebe mais de R$ 74,8 milhões com pavimentação da MS-386 e convênios do MS Ativo

Com investimentos de mais de R$ 74,8 milhões, o governador entregou a obra de implantação da pavimentação asfáltica da MS-386, no trecho que liga Iguatemi a Japorã, e também formalizou 11 convênios do programa MS Ativo Municipalismo.

A obra recebeu mais de R$ 68,5 milhões em investimentos do Governo do Estado. “Nosso projeto prioriza o desenvolvimento e o crescimento dos municípios do Estado. É muito bom poder entregar resultados para as pessoas. O mais importante é que tudo foi feito a partir da realidade dos municípios, com definição das prioridades pela comunidade”, disse o governador.

Iniciada em 2020, a obra de pavimentação vai beneficiar principalmente os produtores rurais da região, que enfrentavam dificuldades para escoamento da produção agrícola. O investimento também encurtou a distância para quem reside em Japorã e precisa se deslocar para Dourados, Campo Grande e para o Estado do Paraná.

A MS-386 começa na MS-295, em Iguatemi, passa pelo distrito de Jacareí, além do assentamento Indiana, pelos municípios de Japorã e Mundo Novo, e finaliza na BR-163, nas proximidades da Ponte Ayrton Sena, sobre o Rio Paraná.

A rodovia, que atende diversas pequenas propriedades rurais, possuía dois pequenos trechos asfaltados, um entre o trevo da cidade de Japorã e a via de acesso à BR-163 – trecho este com 3 km -, e outro na cidade de Mundo Novo, no entroncamento com a BR-163 – trecho de 1,5 km.

O governador Eduardo Riedel, que aproveitou a ida à Japorã para visitar a aldeia Porto Lindo, também anunciou a interligação da rodovia até a BR-163, passando por o Mundo Novo, totalizando de 8 km.

“O governador autorizou a contratação de projeto, nós já vamos providenciar. Estimamos que seja um investimento entre R$ 25 milhões a R$ 27 milhões, importante para a região, atende o setor produtivo, a comunidade, permite o trânsito de Japorã a Mundo Novo em segurança. Toda vez que uma rodovia é pavimentada a gente permite que empresas se instalem rapidamente, porque passa a ter logística, acessibilidade para escoar a produção”, disse Peluffo.

Em sua primeira fase, o programa MS Ativo garantiu mais de R$ 5,9 milhões para o município de Japorã, baseado nas demandas apresentadas pela administração local com atendimento a pista de caminhada em Porto Lindo e distrito de Jacareí, construção do Centro Comercial, plenário multiuso da Câmara Municipal da Prefeitura de Japorã, centro cultural da aldeia Porto Lindo e capela mortuária, além da implantação de iluminação pública no prolongamento da avenida Deputado Fernando Saldanha, no clube de laço no distrito de Jacareí e no estádio da aldeia de Porto Lindo.

“A conquista da MS-386 é da população de Japorã. Agradeço ao Governo de Mato Grosso do Sul pelas obras que vão mudar o município”, disse o prefeito de Japorã, Paulo César Franjotti.

O repasse de recursos estaduais visa fortalecer a infraestrutura e serviços essenciais para a comunidade. A construção do bloco administrativo de serviços, também previsto, por exemplo, busca melhorar a gestão municipal e oferecer atendimento de qualidade aos cidadãos.

Entre os onze convênios firmados com Japorã, o de maior valor (mais de R$ 1,1 milhão) será para a construção do centro comercial, um empreendimento que promove o crescimento econômico, e também fortalece a organização social da cidade. Outros projetos que somam mais de R$ 5 milhões são para a drenagem e pavimentação em vias urbanas e no distrito de Jacareí.

O programa MS Ativo representa um passo significativo na parceria entre o Governo do Estado e os municípios, demonstrando o compromisso mútuo com o crescimento, desenvolvimento das comunidades locais em Mato Grosso do Sul.

Governo de MS investe R$ 14,1 milhões para saneamento básico e recapeamento em Iguatemi

Em Iguatemi, o governador assinou convênio para obra de recapeamento de diversas ruas da cidade e ainda deu ordem de início de serviço para construção de uma estação elevatória de esgoto tratado.

“Os investimentos ajudam a transformar a cidade e a dar qualidade de vida às pessoas. E a obra para tratamento de esgoto, que daqui a três anos vai beneficiar 98% da população, proporciona saúde. É um trabalho de muita responsabilidade na área da cidadania”, disse o governador.

Como parte do programa MS Ativo Municipalismo, que em parceria com os municípios leva desenvolvimento para todas regiões do Estado, serão investidos mais de R$ 10,6 milhões para obras de recapeamento de diversas ruas da área urbana de Iguatemi.

“Com o governo municipalista, essa parceria é um novo modelo que deu certo. Só tenho a agradecer, porque somos muito beneficiados com infraestrutura, repasses, na área urbana e rural. Destaco os R$ 10,6 milhões que vão ser destinados ao recape e a rodovia que interliga Iguatemi a Japorã [MS-386]”, afirma o prefeito de Iguatemi, Lídio Ledesma.

Além disso, estão em execução no município outras obras provenientes de convênios para pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais na Rua Alcides Fernandes Nogueira e restauração funcional do pavimento na Rua Gertrudes Martins Farias (MS-295), obra que já foi 61% executada com investimento de R$ 4,6 milhões. Também em andamento, com 74% executada, a obra de infraestrutura rural com a pavimentação de estrada vicinal de uso comum recebe investimento de R$ 5,6 milhões.

Saneamento básico

O município avança em direção à universalização do esgoto com este novo investimento de R$ 3,4 milhões em saneamento básico. Iguatemi receberá a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário, que inclui a construção de uma ETE (Estação Elevatória de Esgoto Tratado). Essa obra é de extrema importância para o saneamento da região.

Os recursos são provenientes da Sanesul e do programa Avançar Cidades, refletindo o compromisso em garantir o acesso a um saneamento adequado para todos os cidadãos de Iguatemi. Atualmente, com 61,75% da área de cobertura do esgotamento sanitário, o município avança rumo à universalização.

O Mato Grosso do Sul já conta com 62,62% da área de cobertura do esgoto, e com planejamento estratégico do Governo do Estado, caminha rumo à universalização até o ano de 2033. O Governo do Estado mantém investimentos de mais de R$ 183 milhões nas áreas de infraestrutura, educação e saúde em Iguatemi.

Ainda durante a solenidade, os alunos da Rede Estadual de Ensino que fazem parte da Câmara Municipal Mirim de Iguatemi entregaram um pedido para instalação de aparelhos de ar condicionado na Escola Oito de Maio. O pedido será atendido pelo Governo do Estado. “Na próxima reunião da Câmara Mirim pode colocar essa solicitação como aprovada”, afirmou Riedel.

A presidente da Câmara Mirim, Helena Vitória do Nascimento, comemorou a conquista. “A gente não achou que ia conseguir tão rápido. Algumas salas da escola têm ar condicionado, outros aparelhos estão com defeitos. Vai ser ótimo para os alunos. É mais qualidade para o nosso aprendizado”.

Bodoquena e Itaporã vão ganhar novas obras de infraestrutura urbana

O Governo do Estado firmou mais dois convênios com as cidades de Bodoquena e Itaporã. Juntos eles somam R$ 6,4 milhões, que serão usados para obras de infraestrutura urbana, como asfalto, drenagem e revitalização de vias públicas.

Para Bodoquena o convênio entre a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e a prefeitura terá o valor de R$ 3,28 milhões. O recurso segue ao município para obra de pavimentação asfáltica, drenagem e restauração funcional das ruas 13 de Maio, Pereira Souto e Manoel Pinho. O prazo do convênio é de 12 meses.

Já o município de Itaporã vai receber R$ 3,14 milhões para obra de revitalização do Calçadão Frei Paulino. O valor será repassado pelo Estado à prefeitura em sete parcelas por meio de convênio. O objetivo é melhorar a infraestrutura urbana da cidade, e assim trazer benefícios aos cidadãos.

“É o governador Eduardo Riedel nos auxiliando nesta gestão, sobretudo, honrando seus compromissos com nosso município. Quanto a nós, vamos trabalhar incansavelmente com muita garra”, afirmou o prefeito de Itaporã, Marcos Pacco.

Neste primeiro semestre o governador Eduardo Riedel se reuniu com os 79 municípios para definir quais são as prioridades e demandas de cada cidade. Com este foco definido, lançou o programa “MS Ativo Municipalismo”, que tem entre as suas diretrizes a realização de obras de infraestrutura urbana nos municípios.

“Esses convênios refletem o compromisso do Governo do Estado em promover o desenvolvimento regional, garantindo que as comunidades locais tenham acesso a uma infraestrutura adequada, que contribua para o bem-estar e o progresso de todos os cidadãos sul-mato-grossenses”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo.

MS Ativo Municipalista

No compromisso contínuo de promover o crescimento e desenvolvimento local, o programa MS Ativo Municipalismo já estabeleceu convênios com vários municípios, todos baseados nas demandas de infraestrutura (primeira fase do programa), apresentadas por meio do diálogo e colaboração de prefeitos, vereadores e lideranças locais.

“O Governo do Estado firmou mais de 102 convênios com os municípios. São investimentos de aproximadamente R$ 300 milhões. E vamos licitar durante o ano mais R$ 1,3 milhão para os municípios. Então o Governo do Estado, aporta nos municípios algo em torno de R$ 1,5 bilhão de recursos nos 79 municípios. Hoje Japorã é contemplada com mais de R$ 10,9 milhões”, disse o secretário Hélio Peluffo, titular da Seilog (Secretaria de Infraestrutura e Logística).


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *