25/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Cassems é exemplo de empresa de autogestão para entidades militares de Goiás

Presidente da Caixa de Assistência foi à Goiânia apresentar estrutura organizacional e práticas de gestão

Publicado em 06/05/2023 10:38 - Semana On

Divulgação Cassems

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) é referência de plano de saúde de autogestão para entidades representativas de militares de Goiás, que querem construir um modelo de assistência à saúde próprio. Na última terça-feira (02), o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, esteve em Goiânia, a convite do Fórum de Entidades, para apresentar a empresa criada e comandada por servidores públicos sul-mato-grossenses.

“Após recebê-los em Campo Grande e apresentar nossa rede de programas e centros de prevenção e nossa estrutura hospitalar que atende os beneficiários da Capital e do interior fomos convidados a compartilhar mais sobre nossa história e práticas de gestão que nos fizeram chegar até aqui”, detalhou o presidente da Cassems. “É sempre muito especial falar sobre o nosso plano de saúde e ser exemplo para todo o País nos mostra que estamos no caminho certo”, completou.

Durante a visita pela estrutura da Caixa dos Servidores, no último mês, o diretor-presidente da Fundação Tiradentes, Coronel Cléber Aparecido dos Santos, apontou que o modelo de autogestão adotado pelos servidores de Mato Grosso do Sul é parâmetro buscado pelos servidores de Goiás. “Estudamos modelos de saúde para servidores públicos de todo Brasil e o que mais se encaixa naquilo que nós entendemos como exemplo de gestão e prestação de serviço de saúde foi o que encontramos na Cassems”, disse.

O presidente da Assego (Associação dos Subtenentes e Sargentos do Estado de Goiás), Sargento Paulo Sérgio, parabenizou a gestão da Cassems. “Externamos os nossos reconhecimentos pela gestão extremamente eficaz. Conhecendo tanto a experiência de Goiás quanto a experiência vivenciada também em outros estados, nós chegamos à conclusão de que Mato Grosso do Sul está muito avançado na gestão de saúde dos seus servidores”, apontou.

Em 22 anos de existência, a Cassems construiu a maior rede hospitalar de Mato Grosso do Sul, composta por 10 Hospitais próprios, 6 Centros de Diagnósticos, 4 Centros de Prevenção, 1 Centro Integrado de Atenção Psicossocial e 1 Clínica da Família. Esta não é a primeira vez que o modelo de autogestão da Cassems é referência para entidades como o Sindicato dos Professores e Funcionários de Escola do Paraná (APP-Sindicato) e Associação de Defesa dos Trabalhadores de Mato Grosso (ADT – MT).

Participaram do encontro representantes da Fundação Tiradentes, Assego (Associação dos Subtenentes e Sargentos do Estado de Goiás), ACS (Associação de Cabos e Soldados da PM BM de Goiás), Caixa beneficente, Unimil (União dos Militares de Goiás), Amigo (Associação dos Militares Inativos de Goiás), ASSOF (Associação dos Oficiais), Fundação Dom Pedro II e a Associação das Pensionistas da Polícia e Corpo de Bombeiros Militares de Goiás.

“Desejo muito sucesso aos servidores de Goiás nesta remodelação da assistência à saúde e coloco nossa equipe à disposição para auxiliá-los no que for preciso”, finalizou Ayache.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *