17/04/2024 - Edição 540

Mato Grosso do Sul

Ampliado o público para a imunização contra a meningite em MS: saiba quem pode se vacinar

Baixa em estoque liga o alerta na Rede Hemosul: saiba como e onde doar

Publicado em 29/06/2023 10:00 - Semana On

Divulgação Marcelo Camargo - Abr

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A vacina Meningocócica ACWY tem seu público-alvo ampliado, de forma temporária, até 31 de julho de 2023. Com a ampliação, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) tem o intuito de aumentar a proteção da população e a disponibilidade da vacina.

A Resolução nº 42/SES/MS, publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (28), prevê a ampliação do público-alvo e recomenda a estratégia seja utilizada até a disponibilidade de doses da vacina Meningocócica ACWY (conjugada) pelos municípios até dia 31 de julho de 2023.

Conforme a coordenadora estadual de Vigilância Epidemiológica, Ana Paula Rezende Goldfinger, a tática tem como objetivo ampliar a proteção da população contra a meningite.

“Para melhor aproveitamento e oferta dos imunizantes contra a doença no estado, houve a ampliação do público de forma temporária até final de julho ou até finalização de estoque. É temporária porque abrimos para um grupo que não é comtemplado pelo PNI (Programa Nacional de Imunização).

Quem pode se vacinar

Com a ampliação do grupo, podem se vacinar:

– Adolescentes de 11 a 18 anos de idade, não vacinados ou com cinco anos ou mais da última dose da vacina Meningo ACWY;
– Profissionais de saúde não vacinados com a vacina Meningo ACWY; e
– Dose de reforço para adolescentes ou adultos que vivem com HIV/Aids, com cinco anos ou mais da última dose recebida de vacina meningocócica conjugada (MenC ou menACWY), seguindo recomendações do CRIE (Centro de Referência de Imunibiológicos Especiais).

Permanece a recomendação do Calendário Nacional de Vacinação para a administração de uma dose da vacina Meningocócica ACWY em adolescentes de 11 a 14 anos de idade. O atendimento do público-alvo da ampliação temporária da vacina Meningocócica ACWY não poderá impactar no esquema de vacinação de rotina.

É fundamental que os municípios promovam campanhas de conscientização e ampliem o acesso à vacinação contra a meningocócica ACWY e meningocócica C, garantindo que todas as faixas etárias e grupos de risco tenham a oportunidade de se proteger contra essa doença potencialmente fatal. Dessa forma, o estado avança na prevenção e controle das meningites, preservando vidas e promovendo a saúde da população.

Baixa em estoque liga o alerta na Rede Hemosul

O estoque de sangue segue sendo um problema nas unidades da Rede Hemosul – MS. A situação é grave para os tipos “O” positivo e negativo. No primeiro quadrimestre de 2023, a instituição coletou em média 4.368 bolsas de sangue, quando o ideal seria ter aproximadamente 5.300 no estoque. É necessário que a população tenha consciência da importância de doar sangue, qualquer que seja a tipagem. A doação pode salvar vidas.

No fim do mês, completa um ano que a primeira etapa do “Selo Conexão Hemosul – empresa/instituição em parceria com a vida” foi lançada. O objetivo deste marco é fortalecer o relacionamento institucional e homenagear as organizações sul mato-grossenses que tenham como foco a responsabilidade social frente às questões de doação de sangue e medula óssea. Com a ajuda de organizações, é possível que esta situação melhore ao longo do tempo, através de campanhas incentivadoras para doação de sangue ou através de apoio financeiro e técnico.

Na Capital, além do Hemosul Coordenador, as doações também podem ser feitas na Santa Casa e no Hospital Regional. No interior, as unidades coletoras funcionam nos municípios de Dourados, Três Lagoas, Ponta Porã, Paranaíba e Coxim. A rede também possui unidades de armazenamento e distribuição em Aquidauana, Corumbá, Naviraí e Nova Andradina.

Para doar sangue é necessário comparecer a uma das unidades de coleta portando documento oficial com foto, ter entre 16 e 69 anos, sendo que menores entre 16 e 17 anos devem estar acompanhados pelo pai ou mãe ou responsável legal, pesar 51kg ou mais e estar bem alimentado.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *