20/06/2024 - Edição 540

Legislativo

Zeca e Vander garantem R$ 1 milhão para reforma da Escola Agrícola de Rio Brilhante

Para Zeca, cujo mandato têm focado o desenvolvimento da agricultura familiar em Mato Grosso do Sul, esse investimento na Efar é essencial

Publicado em 28/05/2024 10:31 - Semana On

Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O deputado estadual Zeca do PT confirmou este mês a destinação de R$ 1 milhão para obras de reforma e adequação das instalações da Escola Família Agrícola Rosalvo da Rocha Rodrigues (Efar), localizada em Rio Brilhante. O recurso é oriundo de uma emenda parlamentar do deputado federal Vander Loubet, apresentada a pedido de Zeca.

A destinação da verba para a Efar atende a uma reivindicação de Gildo Matos, ex-secretário municipal de Produção de Rio Brilhante – apoiada pelo prefeito Lucas Foroni – além da Diretoria da Escola.

“Tivemos reunião com a direção da Efar junto com o prefeito e o deputado Zeca e asseguramos esse recurso para a educação do nosso município, com o apoio do deputado Vander”, comemora Gildo.

Para o deputado Zeca, cujo mandato têm focado o desenvolvimento da agricultura familiar em Mato Grosso do Sul, esse investimento na Efar é essencial.

“As Escolas Família Agrícola, a exemplo das unidades existentes em Rio Brilhante e Itaquiraí, são de fundamental importância para oferecer ensino médio profissionalizante aos jovens de famílias do campo, o que não só reduz o êxodo rural, como também forma novas gerações de agricultores familiares”, destaca Zeca.

Atualmente, a Efar atende a 128 estudantes com o Curso Técnico em Agropecuária integrado ao Ensino Médio, por meio do método da Pedagogia da Alternância, onde os estudantes ficam por 15 dias alojados na escola em sessão escolar e 15 dias em casa, em sessão familiar, realizando atividades experimentais e escolares, colocando em prática os conhecimentos adquiridos na sessão escolar.

“Essa reforma vai permitir adequar os espaços à capacidade de estudantes que atendemos, trazendo melhores condições de estadia aos estudantes e melhor estrutura de trabalho aos profissionais”, explica Ana Cláudia Pereira da Costa, diretora administrativa da Efar. “A escola acaba de completar 28 anos de existência voltada para a permanência da juventude no campo, para o desenvolvimento do campo, com ciência e tecnologia. Uma vez que o campo é um espaço de construção de conhecimento, é um espaço de vida, então nós temos que permanecer, resistir e sobreviver”, conclui.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *