13/04/2024 - Edição 540

Legislativo

Vander acompanha Lula à China

Exportações, agronegócio e turismo serão pautas de caravana do presidente, diz o deputado

Publicado em 11/04/2023 1:33 - José Câmara – G1MS

Divulgação Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Exportações, agronegócio e turismo serão as principais pautas debatidas da caravana do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na China, de acordo com o deputado federal Vander Loubet (PT-MS), que é o único representante da região Centro-Oeste na comitiva.

A caravana sai de Brasília rumo a China nesta terça-feira (10). Além de alguns assuntos específicos, o parlamentar explica que a ida também tem o objetivo de estreitar os laços diplomáticos entre os países.

Na visão de Vander, a visita possui teor comercial, a fim de ampliar a comunicação sobre exportações de commodities do Brasil, em específico de Mato Grosso do Sul, ao país asiático. “Focamos no fortalecimento diplomático e comercial entre o Brasil e China, que é de extrema importância. A China é o principal destino das exportações do Mato Grosso do Sul”.

“Um dos principais objetivos é conseguir resolver com as autoridades chinesas a demanda reprimida que nós temos em relação a liberação de plantas frigoríficas brasileiras para exportar carne para o país oriental”, comenta Vander.

No começo de março, o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, informou a habilitação de novos frigoríficos brasileiros para exportarem carne bovina ao mercado asiático. Segundo o ministro, a China compra 61% da carne bovina exportada pelo Brasil e movimenta US$ 8 bilhões por ano só nesse setor.

A liberação de novas plantas frigoríficas para exportação é uma busca da caravana de Lula na China. Vander comentou a abertura do comércio de proteína animal e diz que o governo federal quer expandir ainda mais, o que será debatido em Xangai e Pequim.

“Desde o começo do ano conseguimos com que várias plantas fossem liberadas, inclusive um frigorífico de frango do nosso estado, em Itaquirai, mas ainda tem dezenas de empresas nacionais esperando esse aval”, destaca o deputado federal eleito por Mato Grosso do Sul.

Um dos pontos mais específicos ao se tratar de Mato Grosso do Sul na agenda do Brasil na China é o futuro da Rota Bioceânica, segundo Vander. O canal, por terra, será um caminho de desenvolvimento econômico, turístico e cultural para o Paraguai, Brasil, Argentina e Chile.

A rota, quando pronta, vai diminuir o caminho das exportações até a China e abrir mais um espaço para o turismo. Além de tempo, pesquisadores estimam a redução dos valores dos produtos exportados ao país asiático. A Rota Bioceânica vai encurtar a ligação entre os oceanos Atlântico e Pacífico. “Queremos buscar parcerias com o país chinês em outras áreas, como em relação a Rota Bioceênica, entre outros”.

Viagem para China

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estará acompanhado de 40 autoridades na viagem à China programada para esta terça-feira (11) (veja a lista completa mais abaixo). Os compromissos, segundo o Ministério das Relações Exteriores, terão início na quarta (12).

Segundo o governo, além das autoridades, empresários também devem integrar a comitiva. Na viagem, Lula deve se reunir com o presidente chinês, Xi Jinping, e tratar de relações comerciais e do cenário político global. A agenda também prevê a assinatura de acordos entre os dois países.

Essa será a primeira viagem oficial de Lula à China desde que tomou posse em janeiro. O país é o principal parceiro comercial do Brasil.

Ministros

  • Fernando Haddad (Fazenda);
  • Marina Silva (Meio Ambiente);
  • Carlos Fávaro (Agricultura);
  • Luciana Santos (Ciência, Tecnologia e Inovação);
  • Mauro Vieira (Relações Exteriores);
  • Alexandre Silveira (Minas e Energia);
  • Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário);
  • e Wellington Dias (Desenvolvimento e Assistência Social).

Governadores

  • Jerônimo Rodrigues (Bahia);
  • Elmano de Freitas (Ceará);
  • Carlos Brandão (Maranhão);
  • Helder Barbalho (Pará);
  • Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte)

Senadores

  • Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado Federal
  • Renan Calheiros (MDB-AL), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional
  • Eliziane Gama (PSD-GO), líder do Bloco Parlamentar Resistência Democrática (PSD, PT e PSB)
  • Jaques Wagner (PT-BA), líder do Governo no Senado Federal
  • Confúcio Moura (MDB-RO), presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura
  • Augusta Brito (PT-CE), comissão de Assuntos Econômicos
  • Irajá Silvestre Filho (PSD-TO), comissão de Assuntos Econômicos
  • Jussara Lima (PSD-PI), comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática

Deputados federais

  • Júlio César (PSD-PI);
  • Fausto Pinato (PP-SP);
  • Vander Loubet (PT-MS);
  • Guttemberg Reis (MDB-RJ);
  • Daniel Almeida (PCdoB-BA);
  • Maria Arraes (Solidariedade-PE);
  • Jandira Feghali (PCdoB-RJ);
  • Fábio Macedo (Podemos-MA);
  • Neto Carletto (PP-BA);
  • Pedro Campos (PSB-PE);
  • Tabata Amaral (PSB-SP);
  • André Janones (Avante-MG);
  • Bruno Farias (Avante-MG);
  • AJ Albuquerque (MDB-PE);
  • Heitor Schuch (PSB-RS);
  • Renildo Calheiros (PCdoB-PE);
  • Eduardo da Fonte (PP-PE);
  • Lula da Fonte (PP-CE);
  • e Iza Arruda (MDB-PE).

Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *