25/05/2024 - Edição 540

Legislativo

Na assinatura de licitação da reforma do Guanandizão, Prof. João Rocha resgata história do nome do complexo

Publicado em 02/08/2018 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O vereador Prof. João Rocha, presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, participou do ato de assinatura de autorização de abertura do processo licitatório da reforma e adequação do Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, popularmente conhecido como Guanandizão. 

De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte (Funesp), Rodrigo Terra a reforma do Guanandizão é resultado de uma parceria do Governo do Estado e do Município, com investimento de R$ 2, 3 milhões. "O Guanandizão se mistura com a história da nossa cidade. Esse espaço não pode ficar abandonado, ele tem relação com a cultura da nossa cidade”, complementou.

Na ocasião, o Prof. João Rocha recordou a história do nome do Ginásio, uma homenagem ao Relojoeiro Avelino dos Reis que doava medalhas e troféus para atletas e equipes esportivas em competições. "Avelino dos Reis e Dona Maria, dois irmãos e dois portugueses, tinham uma Relojoaria na Rua 14 de Julho, e lá eles vendiam também medalhas e troféus. Eles mais doavam do que vendiam, as medalhas eram para fazer boas ações, é tão bom relembrar essas histórias, mexe com o coração da gente. Avelino dos Reis era um abnegado, quando ia ter um evento esportivo ninguém procurava a Prefeitura, já procurava Avelino dos Reis, ele doava medalhas e troféus de qualidade para os atletas. Então é justo o nome que leva aquele Ginásio, de Avelino dos Reis. É justo que ele seja recuperado, e está aí o governo do Estado e Prefeitura de mãos dadas para entregar para nossa cidade o Ginásio recuperado, um local que foi palco de grandes memórias do esporte e lazer, nós precisamos disso, valorizar a nossa cultura e o nosso esporte”. Ressaltou.

Segundo o Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, a assinatura para abertura da licitação para reforma do Guanandizão só foi possível pela harmonia entre os Poderes. “Pouco importa o partido, o importante para nós é Campo Grande, não podemos brincar de gestores, hoje não é fácil gerir recursos em qualquer âmbito. A reforma do Guanandizão só foi possível pela harmonia entre os poderes”, destacou.

Durante o evento, também foi regulamentada a Lei do Sistema Campo-Grandense de Esporte e Lazer. O vereador Prof. João Rocha reforçou a importância da união entre os poderes para que as entregas sejam feitas para Campo Grande. “Ficamos felizes com a regulamentação do sistema municipal de esporte e lazer, os fóruns para construção desse sistema aconteceram na Câmara, é importante o Legislativo produzir e participar da construção de ferramentas legais para o Executivo. Um governo sensível investe na cultura e no esporte. Somos parceiros, estamos unidos, porque temos que resolver as questões da cidade”, pontuou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *