25/04/2024 - Edição 540

Legislativo

Ministra Cida e Kemp participam de evento no Bioparque Pantanal

Governos Riedel e Lula firmam parceria para as ações de combate a violência contra a mulher

Publicado em 04/04/2023 11:10 - Semana On

Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A parceria deverá reforçar as ações do Governo do Presidente Lula (PT) com o foco no enfrentamento ao feminicídio e misoginia por meio das  políticas públicas inclusivas para as mulheres com: cursos de capacitação profissional, incentivo ao estudo, pesquisa e inovação e o uso de tecnologias.

O Encontro Estadual de Gestoras “Somos e Somamos”, que contou com a presença da ministra Cida hoje, reuniu gestoras municipais de Políticas Públicas para Mulheres dos 54 municípios do Estado, do poder Judiciário, e da sociedade em geral.

O governador Eduardo Riedel (PSDB) recepcionou a ministra das Mulheres, Cida Gonçalves e durante a cerimônia firmaram o compromisso de reforçar as ações em defesa da vida e da proteção das mulheres no Estado. No dia anterior, na Assembleia Legislativa de MS, Cida Gonçalves anunciou que Mato Grosso do Sul é o Estado, onde o governo federal começa a Marcha Nacional contra a Misoginia.

Dados SEJUSP até 28 de março apontam para o problema da violência contra as mulheres:

Feminicídio – De 2021 até agora, 16 mulheres foram mortas em Campo Grande – FORAM 78 VÍTIMAS EM MS

2023 (até o dia 28/03)

Capital 2 mortes – MS 5 mulheres mortas

2022

Capital 12 mortes – MS 42 mortes

2021

Capital 2 mortes – MS 31 MORTES

Estupros

2023 (até o dia 28/03)

Capital 143 – MS 465

2022

Capital 567 – MS 1.970

2021

Capital 571 – MS 1.986

Violência doméstica

2023 (até 28/03)

1.626  Capital – 4.637 MS

2022

Capital 6.888 – MS 19.680

2021

Capital 6.396 – MS 18.513


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *