25/04/2024 - Edição 540

Legislativo

Em reunião com novo presidente do Paraguai, deputados discutem Rota Bioceânica

O presidente da ALEMS destacou a importância da visita ao Paraguai no avanço de temas bilaterais de interesse de Mato Grosso do Sul

Publicado em 06/07/2023 4:09 - Semana On

Divulgação ALEMS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Deputados estaduais de Mato Grosso do Sul participaram, na quarta-feira (5) de reunião com autoridades brasileiras e paraguaias na sede da embaixada do Brasil, em Assunção. Além de estreitamento de laços com o presidente eleito, Santiago Peña, a visita ao país vizinho serviu para discutir assuntos de interesse do Estado, com destaque à Rota Bioceânica.

A comitiva de Mato Grosso do Sul foi integrada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Gerson Claro (PP), os deputados Lidio Lopes (Patriota) e Paulo Corrêa (PSDB), o governador Eduardo Riedel e secretários de Estado. Do lado do Paraguai, além de Santiago Peña (presidente eleito em abril e que toma posse em agosto), participaram o futuro ministro de Relações Exteriores, Rubén Ramírez Lezcano, o embaixador José Antonio Marcondes, entre outras autoridades.

O presidente da ALEMS destacou a importância da visita ao Paraguai no avanço de temas bilaterais de interesse de Mato Grosso do Sul. “Estamos realizando série de encontros bilaterais e de integração regional com diplomatas brasileiros e paraguaios, para tratar dos interesses do nosso Estado”, afirmou o parlamentar. “Tratamos de agendas bilaterais e de integração regional”, completou.

Rota Bioceânica

A Rota Bioceânica encurtará a distância para as exportações e importações brasileiras entre mercados potenciais na Ásia, Oceania e Costa Oeste dos Estados Unidos. Também integrará a América do Sul e transformará Mato Grosso do Sul em um hub logístico, um centro de distribuição de mercadorias.

De acordo com dados do Governo, foram investidos mais de R$ 80 milhões em obras estruturantes em Porto Murtinho, município que faz fronteira com o Paraguai, para atender o novo corredor e à logística portuária que se instalou na região. Também garantiu incentivos para reativar a Hidrovia do Rio Paraguai, atraindo operadores e empreendimentos portuários à região. Parte das obras foram divulgadas nesta matéria.

Mato Grosso do Sul é o coração da rota, que vai seguir pela cidade de Porto Murtinho; cruzará o território paraguaio por Carmelo Peralta, Mariscal Estigarribia e Pozo Hondo. Depois irá atravessar por território argentino as cidades de Misión La Paz, Tartagal, Jujuy e Salta; ingressando no Chile pelo Passo de Jama, até alcançar os portos de Antofagasta, Mejillones e Iquique.

A  Assembleia Legislativa foi pioneira na discussão do corredor bioceânico e promoveu o 1º Fórum de Integração em 2022. O evento reuniu ações a serem realizadas pelos países parceiros na Carta Campo Grande. Toda a cobertura está disponível em uma página multimídia especial, em que você pode acessar clicando aqui.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *