24/04/2024 - Edição 540

Legislativo

Deputados criticam cobertura da imprensa sobre o agronegócio

Publicado em 08/07/2016 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O deputado estadual e primeiro secretário da Assembleia Legislativa, Zé Teixeira (DEM), ocupou a tribuna na quinta-feira (7) para avaliar a cobertura da imprensa tanto sul-mato-grossense quanto brasileira sobre o agronegócio no país. Para o parlamentar há notícias que prejudicam o setor.

“Hoje o agronegócio é o que mais emprega no país. Tem certas manchetes e notícias que parecem que o produtor cometeu o maio crime do mundo, como as últimas em que ganharam reintegração de posses de suas terras. O que se tem de errado nisso? Somente está se cumprindo a lei. Parece que quando se cumpre a lei é errado. Parecemos um país sem lei e a imprensa, às vezes, interpreta errado”, explicou o deputado.

Zé Teixeira exemplificou com uma manchete de jornal impresso que, para ele, tratava uma reintegração de posse de fazenda em Dourados (MS) como ato criminoso e não como se os acampados na terra lá estavam de forma irregular.

A deputada Mara Caseiro (PSDB) concordou com o discurso do deputado e afirmou que a imprensa errou na cobertura deste caso, pois ainda “usaram da miséria da comunidade indígena para fazer sensacionalismo”. Ainda segundo a deputada, os indígenas estariam acampados na fazenda há quase 15 anos e ninguém questionou as condições de vida deles em todo esse tempo.

“Há inversões e distorções que não podemos aceitar. Não quero saber se a fazenda é de alguém investigado ou não. Se está se cumprindo a lei com a reintegração isso não se discute. Mas por que nunca olharam por aqueles embaixo das barracas todos esses anos?”, questionou Mara que também pediu mudanças nas coberturas da imprensa.  


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *